Corinthians vai mudar, diz Luxemburgo

Devem ocorrer mudanças no Corinthians no segundo semestre. A surpreendente confirmação partiu do técnico Wanderley Luxemburgo, nesta quarta-feira, antes do segundo jogo diante do Coritiba pela Copa dos Campeões. "Algumas coisas serão feitas", revelou o treinador. Normalmente avesso a esse tipo de assunto enquanto a equipe disputa uma competição, Luxemburgo resolveu admitir a reformulação para tranqüilizar os jogadores.Na prática, o treinador mandou um recado ao elenco, dizendo que a base do primeiro semestre será mantida. "Apesar da derrota para o Grêmio na final da Copa do Brasil, o saldo do nosso trabalho foi muito mais positivo do que negativo", avaliou Luxemburgo. "É claro que alguma coisa deve mudar, como qualquer clube faz em final de temporada, mas estou feliz com o desempenho geral do grupo."Embora não aceite falar sobre as necessidades da equipe, Luxemburgo diz que a defesa precisa de um lateral-direito e de um zagueiro; o meio-de-campo, de um volante experiente, que jogue pelo lado esquerdo, e de um jogador mais jovem para a mesma posição, que jogue no lado oposto. A situação do ataque é dramática: sem Müller e com as constantes convocações de Ewerthon para a seleção brasileira, o Corinthians ficou praticamente sem reservas. A ponto de ter de improvisar o meia Marcelinho Carioca como atacante. "Sei que essa não é a dele, mas não tive alternativa", reconheceu o treinador.Perto do Parque - A relação dos jogadores que indicou para a diretoria é outro segredo que Luxemburgo guarda a sete chaves. Mas a Agência Estado teve acesso a alguns nomes, cuja contratação deve confirmar-se até o fim do mês. O reforço mais próximo é o santista Deivid, cujo passe pertence ao Nova Iguaçu. O Corinthians aguarda apenas o final do contrato do jogador com o Santos para acertar a contratação.Do União São João, o Corinthians espera conseguir trazer o zagueiro Bernardi e o volante Fabrício Souza. O empecilho é o preço pedido pelo clube de Araras: US$ 5 milhões pelo passe dos dois jogadores.Em relação ao lateral/volante André Luís, um representante da Hicks Muse já se encontra em Tenerife, na Espanha, para negociar diretamente com o presidente do clube espanhol, Javier Peres e Peres. O Corinthians já aceitou pagar os US$ 4 milhões que o Tenerife quer pelo passe e ainda concorda em ceder dois jogadores jovens de seu elenco.O volante Rincón, outro dos indicados por Wanderley Luxemburgo, foi contratado nesta quarta-feira pelo Cruzeiro.

Agencia Estado,

27 de junho de 2001 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.