Corinthians
Corinthians

Corinthians vai recolher camisa com tons de verde que revoltou torcida na internet

Clube diz que foi um 'equívoco' a venda de terceiro uniforme de goleiro em outlet; peça já havia sido vetada

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

07 de março de 2019 | 19h52

Algumas peças de uma terceira camisa de goleiro do Corinthians com tons esverdeados estão sendo retiradas do mercado em São Paulo. A informação foi confirmada pelo clube depois que fotos e vídeos do uniforme viralizaram nas redes sociais desta quinta-feira, recebendo críticas dos torcedores. A cor verde é associada ao rival Palmeiras.

"O produto foi colocado à venda de forma equivocada em poucas lojas Nike e já está sendo retirado do mercado", afirmou a assessoria de imprensa do Corinthians.

O uniforme foi produzido pela Nike em 2017. O modelo acabou vetado pelo departamento de futebol exatamente por causa da tonalidade esverdeada. A cor foi adaptada e passou a mostrar o dourado no lugar do verde.

Algumas peças, no entanto, foram encontradas por torcedores em lojas outlet da fornecedora de material esportivo, na Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo (SP). A Nike não se manifestou sobre o fato. 

A histórica aversão do Corinthians ao verde já foi revelada em vários momentos. No Mundial de Clubes de 2012, vencido pelo próprio Corinthians, o clube pediu para não atuar com uma faixa verde da campanha "Foootbal for Hope" (Futebol pela Esperança). Os treinos do Irã na Arena Corinthians durante a Copa do Mundo no Brasil também geraram desconforto em membros da diretoria. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.