Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Corinthians vê Marlone como intocável e recusa proposta do Atlético-MG

Carille conta com o meia para a próxima temporada

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

23 de dezembro de 2016 | 07h01

O Atlético-MG formalizou na quarta-feira uma proposta para tirar o meia Marlone do Corinthians, mas a diretoria corintiana avisou que não pretende negociar o jogador, que acabou a temporada como um dos destaques do time. Os valores da negociação e o fato do técnico Fábio Carille querer ficar com o atleta foram fundamentais para a decisão de manter o atleta no elenco.

"Acho difícil vender. A proposta há, mas não nos é conveniente perder o jogador neste momento, sob o ponto de vista financeiro e técnico. A não ser que seja algo fantástico, mas não é o caso. Avaliamos que ele é importante para o grupo e o Carille quer contar com ele", disse o diretor de futebol, Flávio Adauto.

Marlone foi indicado pelo técnico Roger Machado, que também já havia tentado levá-lo para o Grêmio. Os valores da transação não foram divulgados, mas é sabido que o Atlético-MG gostaria de levar o jogador e, em troca, o Corinthians não precisaria pagar o que resta da transferência de Giovanni Augusto e ainda poderia receber mais alguns milhões.

Outro titular cobiçado e que deve permanecer é Rodriguinho. Nos últimos dias, um clube da China chegou a sondar o atleta, mas nenhuma proposta foi formalizada ao Corinthians. A ideia, até pela dificuldade financeira para se fazer grandes investimentos, é manter os principais jogadores para a próxima temporada e reforçar o elenco com nomes pontuais e garotos oriundos das categorias de base do clube.

Em relação a reforços, o clube já contratou os atacantes Jô e Luidy e espera pela liberação do meia Wagner. O volante Rithely também estava perto do acerto, até que as conversas esfriaram. Após a confirmação de Fábio Carille como novo técnico, a tendência é que a diretoria volte ao mercado e busque reforços o quanto antes para auxiliar o treinador.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.