Corinthians vence com tranquilidade e avança em 1º lugar no grupo

Com Pacaembu lotado, time faz 3 a 0 no San José e tem até o momento a segunda melhor campanha

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

11 de abril de 2013 | 00h05

SÃO PAULO - O

Mas o Corinthians não se deixou abalar com o lance. Aos 24, Paulinho tentou de cabeça e Carlos Lampe pegou. Dois minutos depois, Romarinho, que vinha sendo o homem da bola parada, foi para a área. Emerson cruzou e colou na cabeça do baixinho, que foi preciso e abriu o placar.

Melhor em campo, Romarinho ainda criou chance para Guerrero ampliar, mas o peruano mandou por cima, livre. Já no fim do primeiro tempo, Tordoya derrubou Alessandro, recebeu o segundo amarelo e foi expulso.

Na segunda etapa, o Corinthians demorou a engrenar. Até sair os 14 minutos, foram poucas jogadas na área do San José, nenhuma de perigo. O primeiro lance foi numa cabeçada de Gil, que acertou o travessão. Logo em seguida, Emerson fez ótima jogada pela esquerda e cruzou para Guerrero. O centroavante matou no peito e chutou forte, estufando as redes.

O Corinthians ainda buscou o terceiro gol, que faria a equipe passar o Vélez na lista de melhores campanhas. Ele poderia ter vindo em mais uma ótima jogada de Emerson. O Corinthians reclamou de dois pênaltis: em Pato e numa defesa com a mão do zagueiro boliviano, em cima da linha. O árbitro mandou seguir.

Alexandre Pato, que entrou no lugar de Danilo, ainda perdeu chance clara, acertando a trave cara a cara com o goleiro. O terceiro gol veio no último lance do jogo: Pato tocou para Edenilson, que fez o que o atacante não conseguiu e bateu na saída de Lampe.

FICHA TÉCNICA:

CORINTHIANS 3 X 0 SAN JOSÉ-BOL

CORINTHIANS - Julio Cesar; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho (Edenilson), Romarinho e Danilo (Alexandre Pato); Emerson e Guerrero (Jorge Henrique). Técnico - Tite.

SAN JOSÉ - Carlos Lampe, Burton, Luis Torrico, Tordoya e García; Didi Torrico, Sejas, Ovando e Reyes (Saucedo); Gómez (Carrizo) e Cabrera. Técnico - Ferrufino.

GOL - Romarinho, aos 25 minutos do primeiro tempo. Guerrero, aos 14, e Edenilson, aos 48 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Mauro Vigliano (Argentina).

CARTÕES AMARELOS - García e Luis Torrico

CARTÃO VERMELHO - Tordoya.

RENDA - R$ 2.245.637,50.

PÚBLICO - 32.403 pagantes.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.