Claudio Capucho/Foto Arena
Claudio Capucho/Foto Arena

Corinthians vence Coritiba e avança na Copa São Paulo

Alvinegro está nas oitavas de final após ganhar jogo, de virada, por 2 a 1

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2017 | 21h02

Maior campeão da Copa São Paulo de Futebol Júnior, com nove conquistas, o Corinthians conheceu na noite desta sexta-feira um adversário duro na queda. Detentor da melhor campanha na somatória das fases, o time paulista optou por não jogar com regulamento debaixo do braço - classificaria mesmo com a derrota -, e derrotou o Coritiba, de virada, por 2 a 1, no Estádio Joaquinzão, em Taubaté.

Com isso, o Corinthians encontrará nas oitavas de final o Internacional, que carimbou sua classificação ao derrotar o Ceará pelo placar de 1 a 0. Assim como o time paulista, a equipe gaúcha está com 100% de aproveitamento.

O destaque corintiano ficou por conta de Carlinhos, que marcou em todos os jogos do time na Copinha. Na artilharia, aparece com oito gols, um a menos do que Yuri, da Ponte Preta, com nove. O time paranaense largou na frente com Julio Rush, de cabeça, logo aos quatro minutos. O empate saiu com Carlinhos, aos 47 minutos, num chute mascado. No começo do segundo tempo, Marquinhos fez o gol da virada aos 11 minutos, após dar arrancada, cortar o zagueiro e bater cruzado.

TEM MAIS

Outros dois clubes garantiram vagas nas oitavas. Mesmo perdendo para o Cruzeiro por 3 a 0, no Baetão, em São Bernardo do Campo, o Bragantino avançou por ter a melhor campanha entre os derrotados da terceira fase. A equipe paulista vinha com 100% de aproveitamento até cair para o time mineiro. Paulista, Internacional, Corinthians e Avaí, que também venceram todos seus jogos, já haviam classificados.

Na próxima fase, o Bragantino enfrenta o Juventude, que venceu o Água Santa nos pênaltis, enquanto o Cruzeiro aguarda o vencedor entre Flamengo e São Caetano - jogo das 21h - para conhecer seu adversário.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.