Corinthians vence e garante retorno à divisão de elite

O Corinthians está de volta à divisão de elite do futebol brasileiro. Depois do histórico rebaixamento há exatos 329 dias, o time corintiano garantiu matematicamente o acesso ao vencer o Ceará por 2 a 0, neste sábado, no Pacaembu lotado, pela 32ª rodada da Série B.Diante de mais de 35 mil torcedores no Pacaembu, o Corinthians fez sua parte neste sábado, ao vencer o Ceará. Mas também contou com uma ajuda do Paraná, que ganhou fora de casa do Barueri, por 2 a 1, o que garantiu o acesso antecipado corintiano.Agora, faltando seis rodadas para a final da Série B, o Corinthians lidera com 70 pontos. E o Barueri, em quinto lugar - ou seja, o primeiro fora do grupo que sobe -, está com 51 pontos. Assim, com 18 pontos em disputa, os corintianos já garantiram pelo menos uma das quatro vagas do acesso.O Pacaembu viveu uma tarde de festa neste sábado. Deu tudo certo para o Corinthians, que comemorou com sua enorme torcida que lotou o estádio. Depois do apito final, com o acesso já garantido, os jogadores vibraram muito e o goleiro Felipe chegou a pular o alambrado para comemorar com os torcedores.FÁCIL - A confirmação do acesso corintiano, dentro de campo, foi tranqüila. Diante de um Ceará pouco interessado no jogo - não corre risco de cair e nem tem chance de subir -, o Corinthians logo mostrou sua superioridade.O primeiro gol corintiano saiu logo aos 8 minutos de jogo, quando o meia Douglas aproveitou o rebote do chute do atacante Herrera na trave e mandou a bola no canto. Depois, já no segundo tempo, o Corinthians ampliou aos 4 minutos, com o zagueiro Chicão, também aproveitando rebote, dessa vez do goleiro do Ceará, após cobrança de falta de Cristian.O Ceará chegou a levar algum perigo no ataque, mas o Corinthians teve sempre o domínio do jogo. Por isso mesmo, a festa do acesso começou antes mesmo do árbitro apitar o final da partida. "Ô, ô, ô, o Coringão voltou", gritava a Fiel, comemorando a redenção corintiana. Ficha técnica:Corinthians 2 x 0 Ceará Corinthians - Felipe; Alessandro (Carlos Alberto), Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias, Douglas (Lulinha) e Morais (Wellington Saci); Dentinho e Herrera. Técnico - Mano Menezes.Ceará - Adilson; Dedé, Fabrício, Dezinho e Jorge Guerra; Michel (Mancuso), Chicão, Cleisson, Marcos Paraná (Ederson) e Cadu; Sérgio Alves (Charles). Técnico - Lula Pereira.Gols - Douglas, aos 8 minutos do primeiro tempo; Chicão, aos 4 minutos do segundo tempo.Árbitro - Maurício Aparecido de Siqueira (MT). Cartões amarelos - André Santos, William, Fabrício, Marcos Paraná e Michel.Renda - R$ 660.445,00.Público - 32.341 pagantes (35.426 no total).Local - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.