Corinthians vence e se classifica

Sem muito esforço, o Corinthians venceu o River do Piauí por 2 a 0, hoje à noite, no Pacaembu, e passou para a segunda fase da Copa Brasil. A equipe paulista podia perder até por 1 a 0, que mesmo se assim se classificaria, porque venceu a primeira partida, em Teresina, por 2 a 1. O Alvinegro vai enfrentar agora o Americano, de Campos. Vampeta e Rogério fizeram os gols, um em cada tempo. A classificação, porém, não evitou que a torcida voltasse a protestar contra a diretoria do clube, pedindo contratações de reforços de jogadores e dirigentes. Ô,ô,ô, queremos jogador", Ô,ô,ô queremos diretor", cantaram os torcedores, que enfrentaram a chuva para assistir a um jogo de baixa qualidade técnica. O Corinthians começou mal o jogo. Até os 20 minutos do primeiro tempo, a equipe paulista irritou os torcedores com os erros nos passes e nas finalizações. A dupla de atacantes, Deivid e Gil, foi quem mais levou as vaias. Aos 24 minutos, Gil desperdiçou uma grande oportunidade para marcar. Após lançamento de Vampeta, o atacante entrou livre na área, mas na saída de Régis chutou a bola em cima do goleiro do time do Piauí, provocando uma revolta no estádio. Embora o River, um time fraco e sem força no ataque, não assustasse tanto o Corinthians, a torcida já estava impaciente, e temendo até por uma "tragédia" quando Vampeta fez 1 a 0 aos 30 minutos. O volante pegou um rebote de fora da área e chutou para o gol. O jogador, que marcou seu primeiro gol na volta ao Corinthians, atravessou o campo e foi comemorar com os integrantes da Gaviões da Fiel, que estavam nas arquibancadas próxima ao portão de entrada do estádio. Foi a homenagem de Vampeta pelo título de campeã no desfile das escolas de samba conquistada pela Gaviões. "Esperamos que o time volte a ser também campeão", disse o volante. No segundo tempo, logo aos quatro minutos, o zagueiro Fábio Luciano foi expulso ao fazer falta em Alcimar, próximo da entrada da área. Isso obrigou o técnico Parreira a tirar Leandro para compor a defesa com a entrada de Batata. Alguns torcedores não gostaram. Haviam pedido a saída de Deivid. Mesmo com a vantagem de um jogador a mais, o River não se arriscou a tentar a reação. O Corinthians até criou boas jogadas de ataque, mas seus jogadores não souberam aproveitar as oportunidades. O jogo caiu de produção a partir dos 30 minutos, causando o protesto dos torcedores. Mas aos 46 minutos, Rogério definiu o resultado ao marcar um bonito gol. Ele tabelou com Ricardinho, passou por Régis e tocou para o gol. O jogador também comemorou com a torcida. A próxima partida do Corinthians será contra a Portuguesa, domingo, no Canindé, pelo Torneio Rio-São Paulo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.