Corinthians vence o ABC em jogo 1.500 no Pacaembu

Time goleia por 4 a 0, chega a marca de 100 gols na temporada e pode ampliar liderança da Série B

Tercio David, estadao.com.br

30 de agosto de 2008 | 17h50

No jogo de número 1500 no Pacaembu, nada mais justo do que a torcida "da casa" comemorar a vitória. E ninguém mais se sente em casa no estádio municipal do que os corintianos, que puderam ver o Corinthians dominar completamente o ABC, golear por 4 a 0 e atingir a marca de 100 gols na temporada.Veja também: Classificação Resultados / Calendário Corinthians aprova novo estatuto e terá eleições diretas  Mano: Corinthians tem apenas si mesmo como adversário  André Santos diz que segue no Corinthians Ouça os gols de Corinthians 4 x 0 ABC no Território Eldorado Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Mano diz que continuará com seu estilo 'retranqueiro'  Nilton se defende após falta violenta e expulsão De quebra, o time pode deixar a 22.ª rodada da Série B ainda mais na frente na classificação. Com o resultado, a 14.ª vitória no torneio, o Corinthians chegou a 48 pontos e segue com boa vantagem para o vice-líder. O ABC segue com 27 pontos, perto da zona de rebaixamento.Na próxima rodada, o Corinthians enfrenta o Fortaleza, no Castelão, no sábado. Antes, na terça, o ABC recebe o Gama, no Frasqueirão.FACILIDADESó deu Corinthians. Estava tão fácil que Herrera pode ser dar ao luxo de desperdiçar o chamado "gol feito" aos 13. Ele recebeu livre belo lançamento de Douglas na entrada da área, driblou o goleiro Ranieri e tocou para fora, com o gol escancarado à sua frente.Mas o gol não demorou a sair. Aos 20, se redimindo do gol perdido no começo,  pouco depois do meio-de-campo Herrera lançou Elias, que avançou em velocidade pela direita, invadiu a área e bateu firme, sem chance para Ranieri.Dominando, e com a opção do contra-ataque, o segundo gol corintiano também saiu rapidinho. Aos 27, Alessandro ganhou do marcador no campo de defesa, avançou e tocou para Herrera já no campo de ataque. O avante invadiu a área pela direita e colocou Douglas na cara do gol. Sem nenhuma marcação, o camisa 10 deu um "tapa" de esquerda, no canto direito do goleiro. Corinthians4Felipe     ; Alessandro, William, Chicão e André Santos; Nilton     , Elias, Douglas e Lulinha; Morais e Herrera      (Bebeto). Técnico: Mano Menezes ABC0Ranieri; Márcio Santos      (Leandro Sena), Ben-Hur, Paulo César (Valnei     ) e Marcelinho     ; Jean, Márcio Hahn, Jean Carioca      (Ivan) e Vainer; Warley e Alexandre. Técnico: Ferdinando TeixeiraGols: Elias, aos 20, e Douglas, aos 27 minutos do primeiro tempo. André Santos, aos 20, e Chicão (pênalti), aos 41 minutos do segundo tempo.Árbitro: Wilton Sampaio (DF)Renda: R$ 331.920,00Público: 20.456 total / 18.597 pagantesEstádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)Tudo caminhava tranqüilo para o Corinthians, até Nilton fazer falta feia em Paulo Cesar, em um lance isolado no meio-de-campo, aos 38. O abcedense teve de ser substituído (entrou Valnei), com suspeita de fratura, e o corintiano foi expulso. "Não tinha a intenção de machucar o rapaz, não preciso disso", comentou Nilton, ao deixar o gramado.Apesar de jogar com um a menos durante todo o segundo tempo, o Corinthians conseguiu se "multiplicar" em campo e não deixou o ABC fazer uso dessa vantagem.Mesmo em ritmo mais cauteloso, o Corinthians foi atrás do 100.º gol. E ficou mais perto aos 27 minutos, quando André Santos recebeu passe de Elias na entrada da área, invadiu, aplicou um belo drible no marcador e bateu na saída de Ranieri para fazer um golaço.E ainda sobrou tempo para fazer o centésimo gol na temporada. Aos 40, Lulinha recebeu na área e foi derrubado por Jean. Pênalti, que Chicão bateu com categoria e converteu.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansBrasileirão Série BABC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.