Corinthians vence o Criciúma e é campeão da Série B

Chicão e Cristian garantiram a vitória que - com o tropeço do Avaí - garante o título nacional ao time alvinegro

Milton Pazzi Jr., estadao.com.br

08 Novembro 2008 | 18h17

O Corinthians é campeão brasileiro de 2008. Não como sua torcida gostaria, mas da Série B. Neste sábado, venceu o Criciúma por 2 a 0 e teve a ajuda do Avaí, que empatou com o CRB por 1 a 1. Assim, o time catarinense não diminui mais a diferença de 13 pontos na classificação para o líder, já que agora restam só quatro jogos e doze pontos em disputa.Veja também: Mano avisa: 'O que suja um currículo é um rebaixamento' Ouça os gols da vitória na Eldorado/ESPN Brasileirão Série B - Classificação e resultados Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Faça o download do pôster do campeão: 1280 x 1024 | 1024 x 768 | 800 x 600A conquista ratifica o domínio do time alvinegro no campeonato deste ano, já que o acesso estava garantido desde o dia 25 de outubro (após os 2 a 0 no Ceará). Já é o time com mais vitórias (22), é o que tem menos derrotas (2), a melhor defesa (23 gols sofridos) e tem hoje o melhor ataque (71 gols marcados). Além disso, está invicto há três meses (desde 9 de agosto, quando perdeu por 2 a 1 para o Vila Nova-GO). FRASE Felipe Goleiro do Corinthians "Quem não quiser que não comemore, eu vou festejar"Os torcedores que foram ao Estádio Heriberto Hulse fizeram a festa. Gritaram "olé" no fim do jogo, mas chamaram a atenção pelo refrão do título: "Não é mole não, ganhar a Segunda Divisão não fez mais que a obrigação". "Acabou né, é campeão. Agora é aproveitar", diz o goleiro Felipe. "Era nossa obrigação, tínhamos que subir, e quem não quiser que não comemore, eu vou festejar", emenda. CRICIÚMA0Vinicius; Luís André    , Cláudio Luiz     , Everton e Mateus; Basílio    , Rafael Coutinho, Marcelo Rosa (Canindé) e Luciano Bebê    ; Luiz Mário (Alexandre Vidal) e Jardel     (Zulu)Técnico: Luiz Gonzaga Milioli CORINTHIANS2Felipe; Alessandro, Chicão, William e André Santos; Cristian, Elias    , Morais     (Wellington Saci)e Douglas (Diogo Rincón); Dentinho (Bebeto) e HerreraTécnico: Mano MenezesGols: Chicão, aos 22, e Cristian, aos 34 minutos do primeiro tempoÁrbitro: Mário Chagas da Silva (RS)Renda: R$ 109.520,00Público: 14.850 pagantesEstádio: Heriberto Hulse, em Criciúma (SC)Este domínio também foi confirmado no jogo. O Corinthians teve o controle da partida e criou boas chances. Poderia ter vencido por mais que os dois gols que marcou no primeiro tempo. Aos 22 minutos quem abriu o placar foi Chicão, de cabeça, em bola cruzada por André Santos em cobrança de falta. O segundo gol foi de Cristian, aos 34 minutos, para chutar rasteiro no canto, após bela tabela com Douglas.PÊNALTINos outros minutos da partida, o torcedor em Criciúma viu o time da casa obrigar o goleiro Felipe a boas defesas em lances com Zulu - que entrou no lugar do experiente Jardel, apagado. Fora isso, ainda reclamou um pênalti com Luis André, após trombada com William, aos 39 minutos, mas o árbitro não marcou nada. Do outro lado, Lulinha também reclamou após ser travado por Cláudio Luiz, mas nada aconteceu.DESFALQUESProblemas, o time terá dois para o próximo jogo: Douglas, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e o massagista Ceará, que torceu o joelho esquerdo num atendimento (suspeita até de lesão de menisco) e precisou sair de campo de maca, numa cena incomum.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.