Corinthians vence o Inter e já é 5º no Brasileirão

Mesmo usando o Campeonato Brasileiro como preparação para o Mundial de Clubes, o Corinthians já é o quinto colocado da competição. Neste domingo, a equipe do técnico Tite contou com a volta de Emerson e venceu o Internacional por 2 a 0, fora de casa, chegando à quarta vitória seguida e a cinco partidas sem perder.

DEMÉTRIO VECCHIOLI, Agência Estado

18 de novembro de 2012 | 21h33

Com o resultado, o Corinthians passou Botafogo e Vasco e chegou a 56 pontos, atrás apenas dos quatro times que, como o clube paulista, também estão garantidos na Libertadores do ano que vem. Já o Internacional, com 51 pontos, só cumpre tabela esperando 2013 chegar.

Os dois times ainda jogam mais duas vezes neste Brasileirão. O Corinthians tem dois clássicos, contra o Santos, em casa, e diante do São Paulo, como visitante. Ambos os jogos devem ser no Pacaembu. Já o Inter recebe a Portuguesa e depois tenta estragar a festa do Grêmio na despedida do Estádio Olímpico, na última rodada.

O JOGO - Com o Inter vindo de duas derrotas, o torcedor compareceu em pequeno número ao Beira-Rio e deixou o jogo ainda mais esvaziado. No campo, os dois times não fizeram por merecer muito mais espectadores. Prova disso foi a escassez de chances no primeiro tempo. Logo aos 5 minutos, Danilo cruzou rasteiro, Guerrero tentou de carrinho e acabou acertando Muriel.

Só depois de 33 minutos é que o jogo voltou a ter emoção, numa falta de Chicão que Muriel pegou sem dificuldades. A partir daí a partida melhorou até o intervalo. D''Alessandro levou perigo numa cobrança de falta e o Corinthians respondeu com gol. Martínez tentou um chute rasteiro e acertou o pé da trave. O rebote foi para Douglas, que cruzou na cabeça de Guerrero para o peruano marcar.

O segundo tempo começou movimentado e por pouco o Corinthians não marcou antes de 30 segundos. Rodrigo Moledo foi desarmado por Douglas, o meia invadiu a área e cruzou. A bola desviou em Índio e foi na trave. Na volta, ela cruzou a frente do gol e Martínez por pouco não chegou para completar.

Novamente, depois desse lance o jogo ficou morno. O Inter até tentava reagir, mas esbarrava na boa marcação do Corinthians e na falta de apoio do torcedor, que vaiou Forlán quando o atacante foi substituído.

Pelo lado corintiano, Emerson voltou a jogar depois de mais de um mês ao entrar no lugar de Martínez. Romarinho substituiu Guerrero nos minutos finais do segundo tempo e quase marcou, exigindo boa saída de Muriel. Satisfeito com a atuação da equipe, Tite só abriu mão da formação com dois meias - Douglas e Danilo - nos minutos finais, para fechar o time.

Quando a torcida comemorava o rebaixamento do Palmeiras, Edenilson deu uma de Paulinho, recebeu cruzamento de Romarinho na área e, de primeira, marcou um belo gol.

FICHA TÉCNICA:

INTERNACIONAL 0 x 2 CORINTHIANS

INTERNACIONAL - Muriel; Edson Ratinho (Elton), Índio, Rodrigo Moledo e Fabrício; Ygor (Cassiano), Guiñazu, Fred e D''Alessandro; Diego Forlán (Rafael Moura) e Leandro Damião. Técnico - Fernandão.

CORINTHIANS - Cássio; Alessandro, Chicão, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo e Douglas (Edenilson), Martínez (Emerson) e Guerrero (Romarinho). Técnico - Tite.

GOL - Guerrero, aos 47 minutos do primeiro tempo, e Edenilson, aos 45 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Wagner do Nascimento Magalhães (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Edson Ratinho, Fabrício, Chicão, Alessandro e Douglas.

RENDA - R$ 114.640,00.

PÚBLICO - 8.652 pagantes.

LOCAL - Estádio do Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansInterBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.