Corinthians vence o Rio Claro e segue no G-4

Com a magra vitória por 1 a 0 sobre o lanterna do campeonato, time mantém a quarta posição na tabela

Tercio David, estadao.com.br

23 de março de 2008 | 17h55

O Corinthians sofreu, mas conseguiu vencer o Rio Claro, por um magro 1 a 0, graças a uma boa ataução de Dentinho, neste domingo, no Morumbi, pela 16.ª rodada do Campeonato Paulista. Com o resultado, o time de Mano Menezes chegou a 30 pontos e termina a rodada na quarta posição. O Rio Claro segue na lanterna, com 11 pontos.   Veja também:  Classificação  Resultados e calendário  Ouça o gol do Corinthians  Dentinho: uma hora a defesa deles iria falhar  Felipe admite que Corinthians fez seu prior jogo no Paulistão   Na próxima rodada, o Corinthians encara o clássico contra o Santos, na Vila Belmiro, na quarta-feira. No mesmo dia, o Rio Claro recebe a Ponte Preta, no Dr. Augusto Schimidt Filho.   SUSTOS E ALÍVIODepois de passar por alguns maus momentos em ataques do Rio Claro, o Corinthians finalmente chegou bem aos 16. Dentinho fez boa jogada pela direita e cruzou. A zaga cortou mal e a bola sobrou para Chicão, que furou na primeira e na segunda chutou em cima do marcador. Depois de um longo bate-rebate, a zaga tirou.    CORINTHIANS 1 Felipe; Chicão, William e Carlão (Nilton    ); Carlos Alberto, Fabinho, Héverton     (Perdigão), Marcel     e André Santos; Dentinho e Acosta (Herrera    ) Técnico: Mano Menezes  RIO CLARO 0 Gilson; Dão    , Toninho e Douglão    ; André Cunha (Edson Araujo    ), Douglas Peruíbe    , Cléber Gaúcho, Ivan (Silas) e PC; Luciano (Guilherme) e Mirandinha Técnico: Edu Marangon Gols: Dentinho, aos 31 minutos do primeiro tempo.Árbitro: Luiz Flávio de OliveiraRenda: R$ 203.204,00Público: 13.211 pagantesEstádio: Morumbi, em São Paulo (SP) O Rio Claro continuou perigoso, principalmente quando atacava com Mirandinha pela direita, mas quem marcou foi o Corinthians, apesar das poucas investidas. Aos 31, em um raro erro da zaga do time do interior - Dão perdeu o tempo da bola após um chutão de Chicão - Dentinho recebeu livre na frente, invadiu a área e tocou na saída de Gilson.     "O professor falou que era para eu ficar mais ligado no jogo que uma hora a bola ia sobrar. Foi o que aconteceu, e ai tive calma para fazer o gol", comentou Dentinho sobre o gol.   Apesar de estar vencendo, agonia corintiana perdurou no segundo tempo, com o Rio Claro mostrando bom posicionamento em campo e boa marcação, sobretudo na zaga.   Sem criatividade, o Corinthians não conseguiu passar pela marcação do Rio Claro no segundo tempo e pouco ameaçou o gol de Gilson.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansPaulistão A-1Rio Claro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.