Corinthians vence partida para Tite

O técnico Tite não vai esquecer tão facilmente o seu jogo de despedida do Corinthians. Além da vitória sobre o Figueirense, por 5 a 2, neste domingo à tarde, no Pacaembu, o técnico recebeu uma demonstração de carinho e reconhecimento da torcida antes de o jogo começar. Seu nome foi gritado por quase 10 minutos pelos torcedores. Só faltou mesmo uma volta olímpica, já que a homenagem foi digna de um verdadeiro campeão."É emoção demais para um só homem", sintetizou Tite, enquanto segurava dois ramalhetes de flores na mão esquerda e com a direita batia no peito. "Obrigado, muito obrigado", dizia o treinador aos corintianos.As homenagens prosseguiram durante o jogo. Aos 15 minutos, quando Zé Carlos fez o primeiro gol, de pênalti, correu em direção ao banco e jogou-se sobre Tite. No segundo, de falta, aos 25, Coelho também correu em direção ao técnico para homenageá-lo.E mesmo depois que o Figueirense empatou, com gols de Vágner, aos 27, e de César Prates, aos 35, o Corinthians não desistiu de procurar a vitória. Os jogadores queriam a todo custo oferecer o resultado ao treinador.O objetivo foi conseguido no segundo tempo. O time voltou com muito mais disposição e liquidou o jogo rapidamente. Aos cinco minutos, Zé Carlos fez 3 a 2. Aos 20, Coelho ampliou, depois de aproveitar uma excelente jogada de Rosinei e de Alessandro. E já no final, aos 41, Rosinei deu o golpe de misericórdia, fazendo 5 a 2.Nos minutos finais da partida, enquanto o time tocava a bola, envolvendo o adversário, nas arquibancadas a torcida, em vez de curtir e gritar o tradicional "olé", preferiu reverenciar Tite. "Olê, olê, olê olá, Tite, Tite."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.