Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Corinthians vende 70 mil ingressos antecipadamente para a temporada

Alvinegro já comercializa entradas para os primeiros jogos do Paulistão e da Libertadores

O Estado de S.Paulo

04 Janeiro 2018 | 13h01

O ano mal começou, mas a torcida corintiana já promete casa cheia para a temporada 2018. O Corinthians anunciou que já vendeu 70 mil ingressos para os dois primeiros jogos do Paulistão em casa, diante de Ponte Preta e Ferroviária, e para as três partidas na Arena Corinthians pela fase de grupos da Libertadores, contra Deportivo Lara (VEN), Independiente (ARG) e Millonarios (COL).

+ Dirigentes do Nordeste articulam candidatura de Andrés para a CBF

A política de venda antecipada de ingressos não é uma novidade no alvinegro, que já havia adotado a prática antes do início da temporada em anos anteriores. A comercialização das entradas começou ainda em dezembro para os sócios do programa Fiel Torcedor. Os sócios-torcedores podem comprar um ingresso para cada partida, ou em pacotes, através do site www.fieltorcedor.com.br.

Clube com a maior média de público no futebol brasileiro pelo terceiro ano seguido em 2017, com 34.796 torcedores por jogo, o Corinthians espera manter o posto neste ano, que terá como principais atrativos para a torcida as disputas do Libertadores e do Brasileirão, onde o time defenderá o título.

Até o momento, o alvinegro contratou o atacante Júnior Dutra, ex-Avaí, o volante Renê Júnior e o lateral-esquerdo Juninho Capixaba, ambos vindos do Bahia. Por outro lado, o atacante Jô, o lateral-esquerdo Guilherme Arana e zagueiro Pablo foram as saídas mais sentidas.

O Corinthians estreia na temporada 2018 no próximo dia 17, em uma quarta-feira, às 21h45, contra a Ponte Preta, no Pacaembu. O primeiro jogo pela Libertadores será no dia 28 de fevereiro, contra o Millonarios, fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.