Pedro Vilela
Pedro Vilela

Corinthians vira sobre Atlético-MG, vence por 3 a 2, e continua na liderança

Emerson entra no 2.º tempo, muda a história do jogo no Ipatingão, e Liedson faz o gol da vitória

Demétrio Vecchioli, Agência Estado

18 de agosto de 2011 | 00h01

SÃO PAULO - Depois de três empates seguidos, o Corinthians se reencontrou com a vitória no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, derrotou o Atlético Mineiro por 3 a 2, de virada após estar perdendo por 2 a 0, no estádio João Lamego, o Ipatingão, em Ipatinga (MG), pela 17.ª rodada, e se mantém na liderança. Agora com 37 pontos, tem três a mais que o Flamengo - que joga nesta quinta -, mas possui vantagem no número de vitórias (12 a 10 no momento).

O Atlético, com 15 pontos, segue na zona de rebaixamento, em 18.º lugar. Esta foi a terceira partida do técnico Cuca, que substituiu Dorival Júnior, no comando da equipe e a terceira derrota consecutiva - antes havia perdido para o Botafogo, pela Copa Sul-Americana, e para o Coritiba, pelo Brasileirão.

No próximo sábado, pela 18.ª rodada, a penúltima do primeiro turno, o Corinthians recebe o Figueirense, às 18 horas, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. O Atlético joga no mesmo dia e horário contra o Botafogo, no Engenhão, no Rio de Janeiro.

O jogo. Desfalcado de Serginho e Leonardo Silva, Cuca surpreendeu ao escalar o Atlético com três zagueiros (Werley, Réver e Lima) e deslocar Richarlyson para a ala esquerda. A formação deu certo e segurou as investidas de Danilo e Alex, que gostam de encostar na dupla de atacantes. Liedson, voltando de lesão, era muito bem marcado e quase não aparecia.

Com o problema defensivo parecendo resolvido, o Atlético se aproveitou das bolas paradas para ficar em vantagem no primeiro tempo. Aos 13 minutos, Bernard bateu escanteio pela direita, Réver cabeceou na marca do pênalti e Dudu Cearense, em posição legal, desviou no meio do caminho.

A jogada do segundo gol nasceu em lance parecido. Bernard bateu mais um escanteio, desta vez pela esquerda, mas Réver não pôde cabecear porque foi seguro por Réver. Pênalti que Guilherme converteu para fazer 2 a 0.

No intervalo, Tite arriscou na substituição. Tirou o lateral-direito Alessandro e colocou em campo o atacante Emerson, deixando o time com cinco jogadores de características ofensivas - Welder foi à sua posição de origem e Jorge Henrique recuado para a lateral esquerda. Em oito minutos, o Corinthians mostrou que a opção de Tite foi perfeita.

Aos 4 minutos, após escanteio batido da esquerda, Emerson marcou de cabeça. O atacante também poderia ter feito o segundo, aos 7, mas Rever fez falta por trás nele, dentro da grande área, quando Emerson saía na cara do goleiro. Pênalti e cartão vermelho para o zagueiro. Alex bateu no canto direito, rasteiro, e empatou.

Nos vinte minutos seguintes, o Atlético tentou encontrar uma forma de equilibrar a partida apesar da inferioridade numérica e até conseguiu. Mas era a alteração de Tite que viria a decidir mesmo o jogo. Jorge Henrique cruzou, Emerson tocou de cabeça e Liedson é quem fez o terceiro, livre na cara do gol.

Aos 44 minutos, mais um pênalti para o Corinthians. Emerson entrou na área, pelo lado direito, e foi derrubado pelo goleiro Renan Ribeiro, que se redimiu ao defender a cobrança de Alex no canto direito. Mas insuficiente para ajudar o Atlético.

FICHA TÉCNICA:

Atlético-MG 2 x 3 Corinthians

Atlético-MG - Renan Ribeiro; Werley, Réver e Lima; Patric (Caio), Dudu Cearense, Fillipe Soutto (Jonatas Obina), Bernard e Richarlyson; Magno Alves (Gilberto) e Guilherme. Técnico: Cuca

Corinthians - Júlio César; Alessandro (Emerson), Leandro Castán, Wallace e Welder; Ralf, Paulinho, Alex e Danilo; Jorge Henrique e Liedson (Edenílson). Técnico: Tite

Gols - Dudu Cearense, aos 13, e Guilherme (pênalti), aos 27 minutos do primeiro tempo; Emerson, aos 4, Alex (pênalti), aos 8, e Liedson, aos 29 minutos do segundo tempo

Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

Cartões amarelos - Richarlyson, Renan Ribeiro e Dudu Cearense (Atlético-MG); Júlio César e Emerson (Corinthians)

Cartão vermelho - Réver (Atlético-MG)

Local - Estádio João Lamego (Ipatingão), em Ipatinga (MG)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.