Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Corinthians visita o Goiás para tentar voltar para o eixo e se manter no G-4

Equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h30, no Serra Dourada, pela 26ª rodada do Brasileirão

João Prata, O Estado de S.Paulo

16 de outubro de 2019 | 04h30

O Corinthians vive péssimo momento, com fracas apresentações dentro de campo e declarações antagônicas entre jogadores, técnico e diretoria. O time entra em campo hoje, às 21h30, contra o Goiás, no Serra Dourada, com o objetivo de voltar para o eixo para se manter no G-4 do Campeonato Brasileiro.

Um dos líderes da equipe, o goleiro Cássio tentou colocar panos quentes no clima ruim que há no clube. "Na verdade, para ser bem honesto, não tenho visto muito (o noticiário). Tentei me blindar um pouco sobre isso quando começou essa conversa sobre descontentamento de jogadores", disse.

O desentendimento fora de campo começou com as declarações do técnico Fábio Carille, que justificou o baixo rendimento à dificuldade de fazer contratações no início do ano e pela queda de rendimento de diversos jogadores do elenco. Atletas e diretoria rebateram. Cássio, na entrevista concedida na véspera do confronto com o Goiás, adotou o tom político.

“É difícil, porque o grau de comprometimento de todos é grande. Vocês não acompanham o que acontece ali dentro (nos treinos), não vejo ninguém acomodado, mas sim todos comprometidos em se ajudar. União é a marca forte entre jogadores, comissão e diretoria. Concordo que não estamos jogando grande futebol, mas com resultados bons, se pegar todo o ano.”

Carille contará com o retorno de Pedrinho, que estava na seleção olímpica, e Sornoza, que defendeu o Equador. Também terá Ralf, que não enfrentou o São Paulo por ter se envolvido em acidente de carro na sexta-feira. 

FICHA TÉCNICA:

GOIÁS X CORINTHIANS

GOIÁS: Tadeu; Yago Rocha, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto, Y. Felipe e Thalles; Leandro Barcia, Rafael Moura e Michael. Técnico: Ney Franco.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro (Renê Júnior) e Sornoza; Pedrinho, Vagner Love e Clayson. Técnico: Fábio Carille.

Juiz: Wagner do Nascimento Magalhães.

Local: Serra Dourada.

Horário: 21h30.

Na TV: Globo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.