Corinthians volta aos treinos e Mano Menezes defende Dentinho

Técnico também fez questão de apoiar o setor defensivo do time, mesmo com a falha no gol do Santo André

Marcel Rizzo - Jornal da Tarde,

14 de julho de 2008 | 09h29

O técnico Mano Menezes aliviou no Corinthians a barra do atacante Dentinho, expulso de campo após dar um carrinho violento em rival do Santo André no empate de sábado por 1 a 1. Para o treinador o lance mereceu apenas o cartão amarelo, mas a falta anterior, na qual o atleta foi advertido pela primeira vez, foi exagero do criticado árbitro Guilherme Cereta de Lima.   "O Dentinho fez uma falta dura, que merecia o amarelo. O problema foi a primeira advertência que ele sofreu, que foi injusta. Ele não merecia a expulsão", disse.   Mano também tratou de reconhecer o bom desempenho outro jovem atacante do time: Lulinha. "O Lulinha fez um bom primeiro tempo, mas caiu no segundo. Ele está tentando encontrar o seu espaço na equipe. Quando joga aberto, produz mais", reforçou.   Por outro lado, a esposa de André Santos, que o aguardava no vestiário do Bruno José Daniel, falava para amigos que o casal está ansioso por negociação. Ele não teme a concorrência do jovem Wellington Saci, que fez o gol de empate e saiu elogiado pelo chefe. "O Saci é um jogador versátil, que vou precisar utilizar durante toda a competição. Se ele estiver com moral elevado, sem pensar naquele erro da Copa do Brasil, vai render mais", disse Mano.   Outro ponto que teve apoio do técnico na entrevista coletiva após o jogo no Estádio Bruno José Daniel foi a defesa, até pela falha no lance que originou o gol do Santo André. "O setor defensivo esteve bem. Tivemos uma falha, que foi no lance do gol. De resto foi uma partida segura. Não acho que o setor esteja caindo de produção."   RETORNOS O volante Fabinho deve voltar à equipe sábado, contra o Bahia, no Pacaembu. Ele está melhor da conjuntivite que o tirou de três partidas. Nilton e Alessandro, porém, vão ficar um mês fora. O primeiro operou o nariz, após o ter fraturado no jogo contra o Marília, e o segundo sofreu uma lesão muscular na coxa direita.   Douglas, poupado em Santo André por causa de dor no joelho direito, está melhor e também deve atuar no sábado. Acosta cumpriu suspensão e pode jogar na vaga de Dentinho. Nesta segunda, o time treina apenas à tarde, no Parque São Jorge.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.