Infográfico/Estadão
Infográfico/Estadão

Corinthians x Cruzeiro: horário e onde assistir a decisão da Copa do Brasil

Equipes fazem o último e decisivo jogo nesta quarta-feira, às 21h45, na Arena Corinthians

João Prata, O Estado de S.Paulo

16 Outubro 2018 | 16h15

Corinthians x Cruzeiro jogam nesta quarta-feira, às 21h45, em sua Arena, no duelo que vale o título da Copa do Brasil. O Cruzeiro venceu a partida de ida por 1 a 0 na última semana e agora joga por um empate. O Corinthians precisa de uma vitória simples para levar a decisão por pênaltis. Se vencer por dois ou mais gols garante a taça no tempo regulamentar. Vale lembrar que na atual edição do torneio não há a regra do gol fora de casa.

Corinthians x Cruzeiro terá transmissão da Globo, Sportv e Fox Sports e também acompanhamento em tempo real do Estado.  O Corinthians vai em busca do tetra. Venceu a competição em 1995, 2002 e 2009. Curiosamente, no último título, Mano Menezes, hoje treinador do Cruzeiro, estava no comando do time alvinegro. O Cruzeiro é o atual campeão e tentará dar a volta olímpica pela sexta vez na competição. Com as conquistas de 1993, 1996, 2000, 2003 e 2017, a equipe mineira é a maior vencedora da Copa do Brasil ao lado do Grêmio.

No Corinthians, Jair Ventura faz mistério em relação ao time que entrará em campo. A equipe vem de uma péssima sequência, sem marcar e sem vencer há quatro jogos. Por isso, o treinador poderá promover as entradas de Pedrinho e Jonathas na frente. A provável escalação terá: Cássio; Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas; Clayson (Pedrinho), Jadson, Mateus Vital (Jonathas) e Romero.

O Cruzeiro não poderá contar com o lateral-esquerdo Egídio, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. No meio-campo, Mano espera contar com Arrascaeta, que disputou amistoso na manhã desta terça-feira, no Japão, pela seleção uruguaia. A provável escalação terá: Fábio; Edilson, Dedé, Léo e Lucas Romero (Marcelo Hermes); Henrique, Ariel Cabral (Arrascaeta), Robinho, Thiago Neves e Rafinha; Barcos.   

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.