Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Saiba o retrospecto de Corinthians e Cruzeiro com Daronco, árbitro da final da Copa do Brasil

Cruzeiro x Corinthians: time paulista tem melhor desempenho que os mineiros em jogos com o juiz que apitará a decisão

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

08 Outubro 2018 | 17h37

Cruzeiro x Corinthians terá Anderson Daronco como árbitro do primeiro jogo da final da Copa do Brasil, que será realizado nesta quarta-feira, às 21h45, no Mineirão. As duas equipes possuem retrospecto bem diferentes quando o gaúcho é quem está no apito. Os corintianos possuem números muito melhores que os mineiros.

De 2016 para cá, Daronco apitou 11 jogos do Corinthians em torneios nacionais, sendo seis vitórias alvinegras, dois empates e três derrotas. O que dá um aproveitamento de 60,6%. Foram 20 pontos dos 33 disputados. Foram três jogos nesse ano (duas vitórias e um empate), mais três no ano passado (três vitórias) e cinco partidas em 2016 (uma vitória, dois empates e duas derrotas alvinegras). 

Já a relação do árbitro com o Cruzeiro é de menos jogos e com resultados inferiores aos mineiros. Será a primeira partida no ano que Daronco apitará do time cruzeirense. Na semifinal da Copa do Brasil, ele foi o árbitro de vídeo no empate do Cruzeiro por 1 a 1 com o Palmeiras. No ano passado, foram três jogos (uma vitória, um empate e uma derrota) e em 2016 foram mais três partidas (uma vitória e duas derrotas). No total, os mineiros fizeram apenas 38,8% dos pontos - 7 dos 18 - disputados. 

Vale lembrar que a Copa do Brasil conta com a utilização do VAR desde as quartas de final. Assim, a decisão também terá a ajuda do árbitro de vídeo, que pode ser utilizado em casos específicos durante a partida

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.