Corintiano Emerson ganha recurso parcial, mas não enfrenta o Palmeiras

SÃO PAULO - O Corinthians conseguiu uma vitória apenas relativa neste sábado. O clube ingressou com um pedido de efeito suspensivo contra a punição de seis jogos imposta ao atacante Emerson na sexta. Venceu o recurso, mas a meta não foi atingida e o jogador continua não podendo participar do clássico deste domingo contra o Palmeiras.

AE, Agência Estado

15 de setembro de 2012 | 18h57

Isso porque o efeito suspensivo foi concedido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), mas só reduziu a pena, de seis para dois jogos. Como cumpriu apenas a automática, Emerson não poderá jogar no Pacaembu. Um novo julgamento acontecerá no próximo dia 28 e, até lá, ele está à disposição de Tite, podendo enfrentar o Botafogo no fim de semana que vem.

Emerson foi suspenso por seis jogos pelo STJD porque ofendeu o árbitro Péricles Bassols no confronto diante do Atlético-MG, no começo do mês, no Pacaembu. De acordo com o árbitro, o corintiano, ao ser expulso, vociferou: "Você é um ladrão, safado, filho da p...!". Depois, ele também se recusou a deixar o gramado.

Atualizado às 19:45 para correção de informações

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCorinthiansBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.