Mauricio Dueñas Castañeda/EFE
Mauricio Dueñas Castañeda/EFE

Corintianos admitem falhas e destacam força para evitar derrota

Carille vê resposta positiva da equipe e Rodriguinho alerta para 'erros bobos'

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de junho de 2017 | 00h14

Os jogadores do Corinthians deixaram o estádio Independência, em Tunja, na Colômbia, aliviados, pois sabem que não fizeram uma boa partida e mesmo assim conseguiram o empate por 1 a 1 diante do Patriotas, pela Copa Sul-Americana. Ao final da partida, o meia Rodriguinho admitiu a má atuação, mas destacou a força da equipe.

"Não foi uma das melhores atuações nossas, mas valeu o espírito de luta que a equipe teve. Parece fácil para quem está vendo, mas jogar aqui é bastante complicado", disse o jogador, em entrevista à TV Globo.

O jogador corintiano ainda destacou a dificuldade pela condição do gramado. "É um resultado importante pelas circunstâncias do jogo. Sabíamos que ia ser difícil, mas não tanto. O campo está muito foto, pesado, não é desculpa nenhuma, erramos lances bobos", completou.

O técnico Fábio Carille também fez questão de ressaltar a dedicação da equipe, que precisou superar a má atuação para garantir a sequência de invencibilidade, que se completa 24 jogos.

"Foi muito positiva a resposta de todos, pois sabemos das dificuldades de jogar aqui. A ideia de poupar alguns jogadores foi pelo excesso de jogos. A gente sai muito feliz daqui, pois persistimos. A gente trabalha sempre e procura colocar na mente dos jogadores cada vez mais essa coisa de não desistir nunca", comentou o comandante corintiano.

Com o resultado, o Corinthians precisa apenas de uma vitória simples diante do Patriotas, dia 26 de julho, para avançar na Copa sul-americana. No Campeonato Brasileiro, o time alvinegro volta a campo no domingo, para encarar o Botafogo, na Arena Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.