Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Corintianos esquecem má fase e devem lotar Pacaembu na Copa do Brasil

Segundo o clube, cerca de 20 mil ingressos já foram vendidos de forma antecipada

O Estado de S. Paulo

23 de setembro de 2013 | 18h03

SÃO PAULO - Se no Campeonato Brasileiro o Corinthians anda decepcionando a torcida, parece que a má fase não atingiu os ânimos dos corintianos na Copa do Brasil. Para a partida desta quarta-feira (25) contra o Grêmio já foram comercializados 20 mil ingressos pela internet de forma antecipada para os sócio-torcedores. A troca será realizada no Parque São Jorge e no Pacaembu.

Já os bilhetes restantes chegaram às bilheterias nesta segunda-feira em diversos pontos de venda. Na quarta-feira, quem quiser se arriscar, pode tentar a sorte apenas nas bilheterias do Pacaembu.

O Corinthians é dono da melhor média de pública do Campeonato Brasileiro 2013. Com mais de 28 mil pessoas por partida em casa, o clube está longe de ser atingido pelo segundo colocado, o Cruzeiro, que coloca 24 mil torcedores por jogo. No última partida na Copa do Brasil, contra o Luverdense, 28.576 pagantes foram ao Pacaembu.

CONFIRA OS PREÇOS:

Setores disponíveis:

Tobogã - R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Cadeira laranja -  R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia)

Numerada - R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia)

Setor VIP - R$ 180 (inteira) e R$ 90 (meia)

Visitante - R$ 30 (inteira) e R$ 15 meia       

Pontos de venda:

Parque São Jorge  

Pacaembu (bilheterias localizadas no tobogã PAR)

Shopping Santana Parque

Rua Conselheiro Moreira de Barros, 2780, loja 3062

Loja Poderoso Timão Pinheiros - Rua Teodoro Sampaio, 2133 – Pinheiros

Loja Poderoso Timão  São Mateus - Av. Mateo Bei 2029 - São Mateus

Loja Poderoso Timão Rua Augusta - Rua Augusta, 1948 - Cerqueira César

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansfutebolCopa do Brasi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.