Corintianos evitam reclamar após empate com o Rio Branco

A reclamação corintiana após o empate por 1 a 1, diante do Rio Branco, foi geral. E a defesa ao trabalho do técnico Emerson Leão também. ?Não tem de culpar ninguém neste momento. É hora de trabalhar?, disse o atacante Nilmar. ?Lutamos, mas infelizmente não conseguimos vencer de novo?, falou o jogador.Por sua vez, Leão saiu tão enfurecido que discutiu com os fotógrafos na saída de campo. Percebeu que fez bobagem e voltou para pedir desculpas. ?Eu errei.?O volante Marcelo Mattos chiou bastante quanto à atuação do árbitro Rodrigo Martins Cintra. ?Ele errou primeiro (na expulsão do atleta do Rio Branco) e depois compensou. O Bruno Octávio não era para levar o cartão?, reclamou o jogador, que confirma que o Corinthians não vive uma boa fase. ?Está difícil sair dessa situação?, disse. ?A pressão está grande?, reforçou o goleiro Jean.Sobre a má atuação de Rodrigo Martins Cintra, o chefe da comissão de arbitragem da Federação Paulista, Marcos Marinho, avisou que vai analisar com calma a fita do jogo antes de tomar qualquer providencia. ?Vou conversar com ele (Cintra), mas foi um erro grave (expulsou o jogador errado).?Nilmar, que fez sua terceira partida após sete meses parado por causa de contusão, gostou de sua atuação. ?Estou ganhando mais confiança a cada partida?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.