Corintianos não querem passar sufoco da próxima vez

Após a vitória por 2 a 1 sobre o lanterna CRB, neste sábado, em Maceió, pela Série B, os jogadores do Corinthians reclamaram do desempenho do time no segundo tempo, quando o time da casa teve chances de empatar o jogo."Temos de matar logo os jogos. O 2 a 0 é sempre perigoso porque se sofremos um gol o adversário cresce. Foi o que aconteceu hoje (sábado). Não aproveitamos, deixamos o adversário crescer e acabamos levando sufoco", afirmou o zagueiro e capitão William.Para o goleiro Felipe, que precisou salvar o Corinthians em pelo menos dois chutes perigosos de fora da área, a equipe recuou demais. "Enfrentar os times que estão lá embaixo na tabela é sempre complicado, pois eles vão com tudo para pontuar. Fizemos um bom primeiro tempo e depois recuamos. Quase sofremos o empate no fim. Espero que sirva de lição para não entrarmos só para se defender".O técnico Mano Menezes se defendeu e afirmou não ser o responsável pela mudança de postura da equipe. "Quando o time não fica bom, a substituição é sempre equivocada. Tem um monte de entendido que sempre vê o futebol pelo mesmo ângulo. Se recuou é porque coloquei o time para trás. Ninguém vê os méritos do adversário, que nos empurrou para trás", justificou. Autor do primeiro gol do Corinthians, o atacante Herrera também elogiou o time. "Estamos há 20 rodadas na liderança, estamos no caminho certo. Hoje (sábado) conquistamos três pontos importantes e estou muito contente com minha participação", disse o argentino.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.