Corintianos recebem rivais aos gritos de '2.ª divisão'

Antes do clássico deste domingo entre Corinthians e Palmeiras, no Pacaembu, não faltaram provocações entre as torcidas. O fato de o time alviverde ter sido rebaixado no Campeonato Brasileiro foi o assunto mais lembrado pelos corintianos, além, é claro, das tradicionais provocações corriqueiras do clássico.

DANIEL BATISTA E VITOR MARQUES, Agência Estado

17 de fevereiro de 2013 | 15h41

Assim que os dois mil torcedores palmeirenses entraram no estádio do Pacaembu, os corintianos que já estavam no local estenderam faixas com os dizeres "chupa Porco" e começaram a gritar: "Ão, ão, ão, segunda divisão". Os alvinegros ainda lembraram do atacante Romarinho, que começa a partida no banco de reservas. "É Romarinho...", cantaram, lembrando que o atacante fez dois gols na vitória por 2 a 1 no primeiro turno do Campeonato Brasileiro do ano passado e depois marcou mais um na vitória por 2 a 0 no segundo turno.

Mas os palmeirenses não ficaram para trás. Eles picharam um muro próximo de um dos setores que a torcida do Corinthians entrou no estádio com os dizeres. "Chupa gambá, somos campeões do mundo desde 1951." Além disso, fizeram bastante barulho com instrumentos de percussão.

Corinthians e Palmeiras se enfrentam às 16h, no Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.