Antonio Mafalda
Antonio Mafalda

Atletas do Corinthians reconhecem atuação abaixo do esperado

Time de Tite é superado pelo Santos por 2 a 0 na Vila Belmiro

RAPHAEL RAMOS, O Estado de S. Paulo

20 de agosto de 2015 | 08h17

Os jogadores do Corinthians reconheceram que a equipe teve atuação decepcionante na derrota por 2 a 0 para o Santos, nesta quarta-feira, pelas oitavas de final da Copa do Brasil, na Vila Belmiro. A principal crítica dos próprios corintianos foi em relação à marcação, justamente o ponto forte do time. Com a derrota, os alvinegros perderam uma invencibilidade de 11 jogos. Dos últimos sete clássicos que disputou, o Corinthians não venceu nenhum.

"A gente acabou dando muito espaço. O time deles tem um jogador que é fundamental, que é o Lucas Lima. Demos muito espaço para ele criar e jogar. Acho que isso pode acontecer, mas a gente não fez um grande jogo, ficamos um pouco abaixo. Temos de ter tranquilidade", afirmou o goleiro Cássio.

O lateral-direito Fagner destacou que o time não conseguiu repetir o padrão que levou a equipe à liderança do Campeonato Brasileiro. "Não foi o Corinthians dos últimos jogos, pecamos um pouquinho, chegamos atrasados na marcação, isso acontece. Vamos pensar no próximo jogo e depois em reverter o placar", disse.

Mesmo com a atuação abaixo do esperado da equipe, o meia Renato Augusto confia que o Corinthians pode avançar para as quartas de final. O Santos tem a vantagem de poder perder por até um gol de diferença na próxima quarta-feira no Itaquerão e caso faça um, pode sofrer até três.

"Achei que pelo segundo tempo que fizemos, merecíamos o gol. A vantagem deles é grande porque não fizemos gol fora de casa. Agora é virar a página e pensar no Brasileiro. Quarta-feira tem mais", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilCorinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.