Coritiba apresenta trio do Palmeiras, lateral Ceará e mais dois

Depois de um fim de 2015 difícil e de escapar por pouco do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Coritiba só pensa em mudar. Se na terça-feira confirmou a saída de 16 jogadores, nesta quarta apresentou seis novos reforços para a temporada 2016: o volante Amaral e os atacantes Vinícius e Leandro, vindos do Palmeiras, o goleiro Elisson, o lateral-direito Ceará e o volante Fábio Braga.

Estadão Conteúdo

06 de janeiro de 2016 | 11h45

"Hoje vamos apresentar seis reforços para o elenco, além dos membros da comissão técnica. Amaral, Leandro, Vinícius, Elisson, Ceará e Fábio Braga, estes são os seis reforços. Nós temos esta ideia de noticiar estas situações quando estão certas, e é o que está acontecendo hoje", explicou o presidente do clube, Rogério Bacellar.

O trio palmeirense veio como pagamento de uma dívida que o time paulista tinha com o Coritiba, ainda pela contratação do meia Robinho. Amaral até chegou a atuar algumas vezes em 2015 com a camisa alviverde, mas foi bastante criticado, enquanto Vinícius e Leandro sequer figuraram no elenco no ano passado.

Outro nome bastante conhecido é o de Ceará. O lateral passou por diversos clubes brasileiros, mas se destacou no Inter, onde conquistou a Libertadores e o Mundial de Clubes de 2006, e no Cruzeiro, time pelo qual foi bicampeão brasileiro em 2013 e 2014. Já o goleiro Elisson foi revelado no Cruzeiro e chega para compor elenco, mesma situação de Fábio Braga, filho do técnico Abel Braga.

"Talvez ainda possam vir mais um ou dois reforços, mas quem vier será jogador para vestir a camisa", garantiu Bacellar. "Nossa renda, comparada com outros clubes, é bem menor, mas temos que ter garra, tradição, respeitar a nossa camisa. Os jogadores vão defender a camisa centenária do Coritiba. Espero um clube forte, dos jogadores e de todos nós."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibareforços

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.