Coritiba arranca empate com o Bahia e respira no Campeonato Brasileiro

Time paranaense conseguiu reagir: empatou por 2 a 2 em casa e saiu do grupo de rebaixamento

HELIANA FRAZÃO, O Estado de S. Paulo

22 de julho de 2012 | 18h16

CURITIBA - Bahia e Coritiba empatam por 2 a 2 em partida realizada na noite deste domingo, no estádio de Pituaçu, em Salvador, valendo pela 11ª rodada do Brasileirão. O resultado deixou decepcionada a torcida tricolor, que vê o seu time na zona de rebaixamento, na 19ª posição, com oito pontos. O Coritiba também não vai bem, com um ponto a mais, na 16ª posição.

O Bahia se mostrou melhor em campo no primeiro tempo, tendo marcado o primeiro gol da partida logo aos 9 minutos. Zé Roberto avançou pela esquerda, cruzou na área, Souza dominou, girou pra cima da marcação e bateu sem chances para Vanderlei. O segundo gol saiu com apenas um minuto de bola rolando no segundo tempo. Mancini balançou a rede do Coritiba após receber passe de Kléberson.

Entretanto, após o segundo gol, o Bahia deu uma acomodada e caiu no jogo, abrindo espaço para o Coritiba crescer em campo e também marcar. Robinho cruzou para Everton Costa, que cabeceou para o fundo da rede. Dois minutos depois, Emerson recebeu passe do meia Robinho e chutou direto para o gol de Marcelo Lomba, deixando tudo igual em Pituaçu.

Nos últimos minutos da partida o time baiano ainda perdeu duas grandes chances de desempatar, mas chutou para fora. O técnico Caio Júnior, que vai substituir Paulo Roberto Falcão no comando do Bahia, acompanhou da arquibancada o time ser vaiado ao fim do jogo.

BAHIA 2 X 2 CORITIBA

BAHIA - Marcelo Lomba; Fabinho, Lucas Fonseca, Titi e Ávine; Fahel, Kléberson (Ciro), Hélder e Mancini (Diones); Zé Roberto (Vander) e Souza. Técnico: Eduardo Barroca (interino).

CORITIBA - Vanderlei; Jonas, Demerson, Emerson e Chico (Ayrton); Júnior Urso, Willian, Tiago Primão (Leonardo) e Rafinha; Robinho e Roberto. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Souza, aos 9 minutos do primeiro tempo. Mancini, a 1, Everton Costa, aos 20, e Emerson, aos 23 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)

CARTÕES AMARELOS - Robinho, Emerson, Kleberson e Souza

RENDA - R$ 105.825,00.

PÚBLICO - 8.380 pagantes.

LOCAL - Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA).

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.