Coritiba ataca Guarani com 3 atacantes

Com a responsabilidade de bicampeão paranaense, o Coritiba volta a campo amanhã, às 20h30, para enfrentar o Guarani, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba. A expectativa é que um grande número de torcedores anime os jogadores na estréia no Campeonato Brasileiro. Afinal, desde domingo tem aumentado o número de camisas verde e branca desfilando pelas ruas de Curitiba. Depois de realizar a façanha de marcar três gols no Atlético Paranaense dentro da Arena da Baixada, na final do Paranaense, o técnico Antônio Lopes não quer mais abandonar o esquema com três atacantes - Luiz Mário, Aristizábal e Tuta - e, evidentemente, priorizar o ataque. "A equipe tem jogado para fazer de sua parte ofensiva a arma principal", disse. Lopes tem tentado conscientizar os jogadores sobre a seriedade que a partida exige. "Será um jogo difícil como são difíceis todos os jogos hoje em dia", avisou. "Nós estamos cientes de nossa responsabilidade e jogaremos com força total", disse o lateral-direito Ricardinho. O jogador será a única novidade no time em relação ao que iniciou o jogo contra o Atlético Paranaense. O titular Adriano está com estiramento muscular e deve ficar parado por cerca de duas semanas. Apesar dos comentários de que estaria deixando o time, o atacante Tuta confirmou que deve permanecer no Coritiba para o Brasileiro, tendo apenas uma ressalva no contrato que permite a saída caso haja uma boa proposta do exterior. "Se tiver oportunidades vou procurar fazer gols para me valorizar mais", disse. "O pensamento é lutar pelo título."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.