Reprodução site do Coritiba
Reprodução site do Coritiba

Coritiba bate Brasil de Pelotas fora e volta a vencer após seis jogos

Guilherme Parede, aos 19 minutos do segundo tempo, fez o único gol da partida

Estadão Conteúdo

27 Agosto 2018 | 22h34

O Coritiba quebrou a sequência negativa de seis jogos sem vencer na Série B do Campeonato Brasileiro na noite desta segunda-feira, quando derrotou o Brasil de Pelotas pelo placar de 1 a 0, em partida realizada no estádio Bento Freitas, casa do rival, na abertura da 24.ª rodada da competição.

O resultado levou o time paranaense para a provisória décima posição, com 33 pontos, a quatro do G4 (zona de acesso). Com 25 e há cinco jogos sem vencer, o Brasil de Pelotas caiu para a 18.ª posição, com 25, perdendo no critério de desempate para Criciúma, CRB, Paysandu e São Bento.

O Brasil iniciou o jogo de forma alucinante. Com o embalo de seus torcedores, pressionou o Coritiba, mas encontrou Wilson em uma grande noite. Pereira fez fila na defesa adversária e chutou para defesa do goleiro, que fez um milagre na sequência ao espalmar o chute à queima-roupa de Lourency. A bola ainda sobrou para Alex Ruan. O lateral buscou o ângulo, mas chutou pela linha de fundo.

O Coritiba foi equilibrando as ações e abriu o marcador logo aos 19 minutos. Guilherme Parede avançou pela esquerda, deixou o defensor para trás e chutou no fundo das redes. E o segundo só não veio logo depois, porque Marcelo Pitol defendeu o arremate de Bruno Moraes.

Com a vantagem, o Coritiba recuou e chamou o Brasil para o seu campo de defesa. Apesar de insistir, o clube de Pelotas não conseguiu passar pela marcação do adversário e acabou indo para o intervalo atrás do placar.

No segundo tempo, o Brasil novamente começou no abafa e desperdiçou mais uma oportunidade. Gilson chutou cruzado, Léo Bahia apareceu de surpresa na pequena área e cabeceou por cima do gol. Logo depois, Pereira tentou marcar olímpico, mas Wilson salvou.

O visitante apostou no contra-ataque para surpreender o adversário e foi chegar com perigo aos 30 minutos. Pablo arrancou em velocidade e tentou o toque. A bola sobrou para Jean Carlos, que chutou. Rafael Dumas tirou em cima da linha.

O time gaúcho foi para o tudo ou nada nos minutos finais. Marcelo Pitol chegou a ir para dentro da área do Coritiba, mas a pressão foi insuficiente para impedir o triunfo do Coritiba. Na última oportunidade, Luiz Eduardo cabeceou para mais um milagre do goleiro Wilson.

Na próxima rodada, o Coritiba enfrenta o Boa na terça-feira do dia 4 de setembro, às 19h15, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR). No mesmo dia, às 21h30, o Brasil de Pelotas visita o Sampaio Corrêa no Castelão, em São Luis (MA).

FICHA TÉCNICA

BRASIL DE PELOTAS 0 X 1 CORITIBA

BRASIL DE PELOTAS - Marcelo Pitol; Leandro Camilo, Nirley (Tiago Cametá) e Rafael Dumas; Éder Sciola, Leandro Leite, Gilson (Diego Miranda), Pereira e Alex Ruan; Lourency (Luiz Eduardo) e Léo Bahia. Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

CORITIBA - Wilson; Vinícius Kiss, Thalisson Kelven, Rafael Lima e William Matheus; Wellington Simião (Uillian Correia), Vitor Carvalho e Jean Carlos; Guilherme Parede (Guilherme), Pablo e Bruno Moraes (Iago). Técnico: Tcheco.

GOL - Guilherme Parede, aos 19 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Antônio Moraes de Sousa (PI).

CARTÕES AMARELOS - Leandro Camilo, Marcelo Pitol e Leandro Leite (Brasil de Pelotas); Pablo (Coritiba).

RENDA- R$ 56.070,00.

PÚBLICO - 3.875 torcedores.

LOCAL - Estádio Bento Freitas, em Pelotas (RS).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.