Coritiba conta com força da torcida para ganhar outra

O Coritiba conta com a força da torcida para conseguir a sua quarta vitória consecutiva no Estádio Couto Pereira, em jogo que acontece nesta quinta-feira, a partir das 21 horas, contra o Sport. Assim, o time paranaense espera manter a sua reação no Brasileirão.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

23 de julho de 2009 | 08h04

"A torcida faz o diferencial, faz os jogadores se sentirem bem, bota pressão no adversário", afirmou o técnico René Simões, feliz pela recuperação do Coritiba no Brasileirão, depois de passar algumas rodadas na zona de rebaixamento - tem agora 14 pontos.

Segundo René Simões, uma das maiores demonstrações da força dos torcedores foi no jogo com o Grêmio, quando o Coritiba começou perdendo e virou para 2 a 1. "A torcida não parou de cantar, não parou de apoiar e isso faz grande diferença, deixa o jogador vivo no jogo", explicou.

Mas o técnico acentuou que, tão importante quanto o apoio dos torcedores, é o próprio time se impor diante dos adversários. "Costumo dizer para os jogadores que se for em minha casa você vai escutar a música que eu decidir, você vai comer a comida que eu decidir e você vai beber o que eu colocar para você beber. Dentro da nossa casa nós temos que dar a ordem", disse René Simões.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.