Coritiba derrota Figueirense e fica perto do título

Time faz 2 a 1 dentro do Couto Pereira lotado e chega aos 70 pontos na tabela da Série B

AE, Agência Estado

13 de novembro de 2010 | 19h19

Primeiro time a conquistar o acesso na Série B do Campeonato Brasileiro, o Coritiba atrapalhou os planos do Figueirense de repetir o feito neste sábado e ficou mais próximo do título. Em clima de festa, no Estádio Couto Pereira lotado, o time do técnico Ney Franco venceu por 2 a 1, pela 36.ª rodada, e festejou a volta à Série A com sua torcida.  

 

Veja também:

SÉRIE B - tabelaClassificação | listaResultados

 

Com 70 pontos, o Coritiba aumentou sua vantagem na liderança. Para comemorar o título, torce por um tropeço do Bahia na próxima rodada. Os baianos bateram a Portuguesa por 3 a 0 e também garantiram o retorno à elite.

 

Com a derrota da Lusa, o time catarinense também se garantiu na Série A de 2011. No próximo sábado, o Figueirense, com 63 pontos, enfrenta o Guaratinguetá, fora de casa. O Coritiba encara o Icasa, em Juazeiro do Norte (CE).

Empolgado pela classificação antecipada à Série A, o Coritiba começou o jogo de forma fulminante neste sábado. Logo aos dez minutos, Marcos Aurélio cobrou falta na cabeça do zagueiro Jéci, que desviou a bola para as redes e abriu o placar.

Cinco minutos depois, Rafinha arriscou chute de perna esquerda e acertou o ângulo direito de Wilson. O Figueirense diminuiu a vantagem paranaense aos 38 minutos. Reinaldo cobrou pênalti no canto direito, Edson Bastos espalmou e o mesmo Reinaldo concluiu o rebote, sem goleiro.

No segundo tempo, o Coritiba diminuiu o ritmo e jogou mais recuado. Mesmo assim, criou boas oportunidades para sacramentar a vitória. Aos 19 minutos, Marcos Aurélio arriscou com o bico da chuteira direita e parou na defesa de Wilson.

Em desvantagem no placar, o Figueirense se recuperou na partida e dominou as ações depois do intervalo. Aos 13, Reinaldo sofreu falta de Jéci dentro da área, mas o árbitro Pablo dos Santos Alves ignorou o pênalti. Mesmo com maior volume de jogo, o time visitante não conseguiu furar a boa marcação do Coritiba, que se restringiu aos contra-ataques e se segurou na defesa até o apito final. 

CORITIBA 2 -  Édson Bastos; Jéci, Pereira e Cleiton; Ângelo (Geraldo), Leandro Donizete, Léo Gago, Rafinha e Enrico (Willian); Marcos Aurélio (Tcheco) e Leonardo. Técnico: Ney Franco.

FIGUEIRENSE 1 - Wilson; Bruno Vieira (Pedro Carmona), Roger Carvalho, João Paulo Goiano e Juninho; Ygor, Túlio, Maicon e Fernandes (Vinícius Pacheco); Willian (Roberto Firmino) e Reinaldo. Técnico: Márcio Goiano.

Gols - Jéci, aos 10, Rafinha, aos 15, e Reinaldo, aos 38 minutos do primeiro tempo; Cartões amarelos - Enrico, Willian, Leonardo, Edson Bastos, Pereira, Cleiton, Maicon, Ygor, Túlio, Juninho e João Paulo Goiano; Árbitro - Pablo dos Santos Alves (ES); Renda - R$ 537.645,00; Público - 21.215 pagantes (24.257 no total); Local - Estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR).

 

Atualizado às 22h53 para acréscimo de informação

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.