Coritiba desconhece valor de Liedson

O secretário do Conselho Administrativo do Coritiba, Domingos Moro, disse hoje que o clube, que detém 30% dos direitos federativos do atacante Liédson, não tem qualquer conhecimento sobre os valores e os detalhes da venda ao Sporting. "Não sei o valor, nem se é em dólares, em euros ou em que moeda", afirmou Moro. Segundo ele, toda a negociação vem sendo conduzida pelo Prudentópolis Esporte Clube, dono de 70% dos direitos federativos do jogador. De acordo com Moro, o comprador também não passou nenhuma informação ao Coritiba. "Como teremos que assinar, vamos aguardar para ver quanto é", disse. Ele acredita que esse é o momento ideal para a venda do atleta, já que houve outras tentativas anteriores e isso pode complicar uma futura negociação, além do prejuízo ao Corinthians. "O Corinthians está certo ao defender seus interesses e tentar verificar a veracidade das informações que recebe", disse Moro. O time paulista quer ter acesso ao registro do contrato de venda em cartório. Caso seja igual ou superior a R$ 7 milhões, ele teria direito a um bônus de 25%. "É perfeita a postura do Corinthians", elogiou o dirigente do Coritiba, que disse também estar interessado em saber qual a parte que caberá ao seu clube.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.