Coritiba é campeão invicto no Paraná

O Coritiba não teve dificuldades para vencer o Paranavaí por 2 a 0, neste domingo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, tornando-se campeão paranaense de 2003. Foi o 31º título estadual do clube, que encerrou o campeonato de forma invicta, um feito que não acontecia desde 1936. Time do noroeste paranaense, o Paranavaí subiu este ano para a primeira divisão e surpreendeu clubes tradicionais, perdendo apenas a partida decisiva.O Paranavaí sabia que teria que suportar a pressão que o Coritiba imprimiria desde o início do jogo deste domingo. Mas não imaginava que o sufoco seria tanto. O único lance perigoso do time no primeiro tempo aconteceu aos 13 minutos, mas Neizinho cabeceou para fora.O Coritiba nem tomou conhecimento desse lance esporádico do Paranavaí. Pressionou bastante, obrigando o goleiro Vilson a realizar algumas boas defesas. Mas, aos 21 minutos, o lateral Maurício cometeu pênalti ao colocar a mão na bola quando estava sozinho na área. Marcel cobrou bem e fez 1 a 0.O gol despertou o time do Paranavaí, que passou a procurar mais o jogo, embora de forma desordenada, permitindo que o Coritiba explorasse os contra-ataques. No início do segundo tempo, o time visitante mostrou um pouco mais de disposição e só não chegou ao empate porque o goleiro Fernando fez duas boas defesas, aos 6 e 7 minutos.O Coritiba respondeu com Adriano, que acertou a bola trave do gol defendido por Vilson. O Paranavaí poderia ter-se aproveitado da expulsão do volante do time adversário, Reginaldo Nascimento, aos 17 minutos. Mas três minutos depois, o zagueiro Rodrigo agrediu Marcel fora do lance de bola e também levou cartão vermelho.Aí, quando a torcida já comemorava o título, Edu Salles ampliou para o Coritiba, com um forte chute de fora da área aos 34 minutos.Ficha técnica:Coritiba: Fernando; Ceará, Fabrício, Juninho e Adriano; Reginaldo Nascimento, Roberto Brum (Pepo), Tcheco e Lima (Willians); Edu Salles e Marcel. Técnico: Paulo Bonamigo.Paranavaí: Vilson; Daniel, Marcelo, Rodrigo e Maurício (Vanderlei); Márcio, Gian, Edilson (Nelmo) e Júlio; Aléssio (Alessandro) e Neizinho. Técnico: Itamar Bernardes.Gols: Marcel, aos 21 minutos do primeiro tempo; e Edu Salles, aos 34 do segundo.Árbitro: Héber Roberto Lopes.Cartão amarelo: Gian, Marcelo, Rodrigo, Marcel, Reginaldo Nascimento e Adriano.Cartão vermelho: Reginaldo Nascimento e Rodrigo.Renda e público: Não divulgados.Local: Estádio Couto Pereira, em Curitiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.