Coritiba e Chapecoense tentam reverter resultados para avançar na Sul-Americana

Competição é a última esperança para as duas equipes brasileiras garantirem uma vaga na Libertadores de 2017

Estadão Conteúdo

26 Outubro 2016 | 08h00

Únicos brasileiros vivos na Copa Sul-Americana, Coritiba e Chapecoense entram em campo às 21h45 desta quarta-feira em busca da classificação para as semifinais, nos respectivos jogos de volta das séries. Para seguir sonhando com o título e com uma vaga na Copa Libertadores em 2017, eles enfrentam dois times colombianos que deram bastante trabalho na ida.

O Coritiba vai a Medellín encarar o Atlético Nacional, atual campeão da Copa Libertadores. No primeiro jogo, no Couto Pereira, houve empate por 1 a 1. A equipe brasileira precisa de uma vitória simples para se classificar. Um empate sem gols classifica o adversário e um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.

Enquanto isso, a Chapecoense recebe o Junior Barranquilla, na Arena Condá. Na partida de ida, na Colômbia, o time catarinense não segurou os donos da casa e foi derrotado por 1 a 0. Agora, precisa vencer por dois gols de diferença para ficar com a vaga. Se vencer por 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. Já qualquer empate classifica os colombianos.

Na quinta-feira, será conhecido o último semifinalista, que saíra do confronto entre Palestino e San Lorenzo. No primeiro jogo, o time argentino venceu por 2 a 0 e abriu uma boa vantagem para a duelo de volta, que será realizado no Chile.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.