Coritiba elimina Flamengo no Maracanã

O Coritiba se classificou para a semifinal da Copa do Brasil ao empatar com o Flamengo por 1 a 1, na tarde desta quarta-feira no Maracanã - na primeira partida o time paranaense tinha vendido por 3 a 2. Assim como na primeira partida do Campeonato Carioca, no último domingo contra o Vasco, o rubro-negro falhou muito com a defesa e desta vez não soube nem criar oportunidades de gol. Parece que o abatimento causado pela derrota de domingo, dificilmente será superado e o time corre o risco de ficar sem títulos no primeiro semestre. Isso deve desencadear um demonste do elenco, considerado caro pela diretoria. Embora precisasse da vitória e contasse com apoio da torcida, o Flamengo, desde o início, demonstrava apatia em campo. Mesmo com os gritos dos torcedores pedindo raça, os jogadores tinham dificuldade para superar a marcação coritibana. Até que aos 33 minutos o juiz marcou um pênalti em um lance que não costuma ser apitado: Juan foi agarrado por Danilo em cobrança de escanteio, aos 35 minutos. Edilson cobrou e abriu o placar. Na volta para o segundo tempo, o Flamengo não melhorou, enquanto o Coritiba procurava o gol que lhe daria a classificação. Logo no início, Messias acertou belo chute no travessão. O recuo do Flamengo e a insegurança de seus zagueiros indicavam que o empate poderia sair a qualquer momento. Aos 27 minutos, após cruzamento da esquerda Alan desviou de cabeça e igualou o placar. O Flamengo não teve forças para reagir e o Coritiba ainda quase aumentou em lance que só não resultou em gol por azar. Revoltada, a torcida ofendeu os jogadores e "premiou" Zagalo com o tradicional coro de burro. Agora resta saber se o Flamengo terá forças para reagir na segunda partida do final do Carioca.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.