Coritiba empata clássico e é campeão

Em um jogo cheio de viradas no placar e emoções, o Coritiba soube utilizar a vantagem do empate e conquistou o bicampeonato Paranaense ao empatar por 3 a 3 neste domingo com o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada. Esse foi o 32º título da história Alviverde.O Atlético precisava vencer e sufocou o Coritiba em seu campo, mas aos 17 minutos, no primeiro ataque Alviverde, Jucemar apanhou um rebote de Marcão e chutou de fora da área sem chances para Diego.O gol acomodou o Coritiba e aos 24 Rogério Corrêa aproveitou a falha da defesa Alviverde e empatou. Dois minutos depois, Jádson cobrou falta e Fernando saiu mal do gol, a bola passou por ele e o Atlético virou o placar.O Coritiba voltaria a empatar aos 34, após uma bela jogada de Adriano que foi à linha de fundo e cruzou para Tuta empurrar para as redes. No final da etapa, aos 46 minutos, Igor deslocou Fernando e fez 3 a 2 para o Atlético.O resultado daria o título para o Rubro-Negro, mas Tuta, aos 31 do segundo tempo, escorou de cabeça o escanteio cobrado por Ricardinho. Com o resultado, Antônio Lopes conquistou o seu sétimo título em campeonatos regionais. "Essa rapaziada merece o título, pois sempre demonstrou muita garra e vontade. Em nenhum momento deixamos de acreditar nisso", afirmou.O artilheiro do jogo, Tuta, também elogiou o grupo. "Foi uma conquista importante para todo o grupo, mostramos união e mostramos isso dentro de campo", concluiu.No final da partida, parte da torcida atleticana se revoltou e destruiu centenas de cadeiras. Com relação ao técnico Mário Sérgio, a diretoria faria uma reunião para definir o futuro do treinador, que não vem agradando parte da torcida e da diretoria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.