Coritiba/Divulgação
Coritiba/Divulgação

Coritiba empata com o Vitória e mantém invencibilidade

Com outro gol de Alex, time paranaense caiu para a quarta colocação, com 17 pontos; equipe baiana fica na sexta posição, com 15 pontos

JULIO CESAR LIMA, Agência Estado

28 de julho de 2013 | 20h53

CURITIBA - Em uma partida movimentada com chances de gols para as duas equipes, o Coritiba manteve a invencibilidade, mas apenas empatou por 1 a 1 com o Vitória, neste domingo, no estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, e se distanciou da liderança da competição. Com o empate em casa, a equipe caiu para o quarto lugar com 17 pontos e os baianos desceram para o sexto lugar, com 15. Os gols foram marcados ainda no primeiro tempo, com Max Biancucchi, aos oito e Alex aos 49 minutos.

O Coritiba começou a partida disposto a recuperar a liderança e logo aos 4 minutos Alex recebeu um passe pelo meio, avançou e chutou forte no travessão de Wilson, que ainda tocou na bola.

O Vitória não se intimidava e usava o lado esquerdo com Danilo Tarracha sobre o zagueiro Emerson, que voltava de contusão e sentia o volume de jogo. Em uma dessas arrancadas, aos 8 minutos, Tarracha lançou Maxi Biancucchi, que chegou por trás da zaga. Na frente de Vanderlei, tocou no canto direito.

Mesmo com o gol, o time da casa manteve o ritmo, pressionava o Vitória, mas esbarrava no sistema defensivo baiano. Já o atacante Bill perdeu uma grande chance aos 29, quando cabeceou para fora, sem marcação, um cruzamento pela direita de Victor Ferraz. No último ataque do primeiro tempo, porém, o Coritiba empatou com Alex, aos 49 minutos, em uma cobrança de falta no ângulo esquerdo de Wilson.

As duas equipes voltaram iguais para a etapa final, e o Coritiba tentava sufocar o Vitória em seu próprio campo. A partida caiu tecnicamente, com o meio alviverde sem a mesma mobilidade. Aos 20 minutos, Marquinhos Santos trocou Botinelli por Lincoln e o time ganhou mais técnica no passe.

O time reagiu bem à mudança e aos 28 minutos, após um chute cruzado de Bill, Michel precisou dividir com Alex, em cima da linha de gol, para evitar a virada paranaense.

Aos 40, novamente o Coritiba chegou próximo ao gol, em chute de Lincoln que Wilson salvou no canto esquerdo. Aos 49, Alex acertou o travessão pela segunda vez na partida em um chute dentro da área. No final da partida o craque lamentou alguns passes perdidos. "Tivemos poucas chances claras, falhamos no penúltimo passe e agora acabou, não temos o que falar e se preparar para quarta", concluiu.

FICHA TÉCNICA:

CORITIBA 1 X 1 VITÓRIA

CORITIBA - Vanderlei; Victor Ferraz, Emerson, Chico e Raul Iberbia; Júnior Urso (Willian Farias), Botinelli (Lincoln), Robinho e Alex; Geraldo e Bill (Keirrison). Técnico - Marquinhos Santos.

VITÓRIA - Wilson; Gabriel Paulista, Fabrício, Victor Ramos e Danilo Tarracha; Michel, Cáceres, Escudero e Renato Cajá (Vander); Maxi Biancucchi (Camacho) e Dinei (André Lima). Técnico - Caio Júnior.

GOLS - Maxi Biancucchi, aos 8, e Alex, aos 49 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Wilson Luiz Seneme (SP).

CARTÕES AMARELOS - Victor Ramos, Raul Ibérbia, Maxi Biancucchi e Bill.

RENDA - Não disponível.

PÚBLICO - 18.058 pessoas (total).

LOCAL - Estádio do Couto Pereira, em Curitiba (PR).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibaVitóriaBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.