Coritiba enfrenta a Ponte Preta e começa a fazer contas

Depois de se manter no topo da tabela de classificação por algumas rodadas, o Coritiba fazia contas para garantir uma vaga na Copa Libertadores, mas nesta quarta-feira, às 21 horas, contra a Ponte Preta, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, pela 29.ª rodada do Campeonato Brasileiro, o discurso da equipe é tentar permanecer na Série A. Com 34 pontos e na 16.ª classificação, é a última antes da zona de rebaixamento. Em caso de nova derrota e uma combinação de resultados, pode terminar a rodada nela.

JÚLIO CÉSAR LIMA, Agência Estado

16 de outubro de 2013 | 08h49

Para esta partida, o técnico Péricles Chamusca deve improvisar o volante Gil na lateral direita na vaga de Victor Ferraz, que é dúvida por causa de lesão. No meio de campo, Alex deve retornar à equipe, após se recuperar. Na zaga, Luccas Claro pode ganhar a vaga do titular Chico, que não tem agradado nas últimas rodadas.

No meio de campo, Péricles Chamusca pode utilizar Willian, caso Gil seja improvisado. No ataque, Julio Cesar deve formar a dupla com Geraldo e, apesar da má campanha, disse que o grupo está preparado para reagir.

"Temos que levantar a cabeça, não é o momento de desistir. Acho que a gente tem elenco para isso, o grupo tem conversado bastante e serão 10 finais para a gente", disse o atacante Julio Cesar.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.