Coritiba enfrenta o Corinthians para encerrar jejum e adiar festa do rival

O Coritiba visita o líder Corinthians neste sábado, às 19h30, no estádio Itaquerão, em São Paulo, na tentativa de encerrar um jejum de seis jogos sem vitória e, com isso, sair da zona de rebaixamento. De quebra também pode estragar a festa antecipada do adversário. Se o time alvinegro vencer a partida e o Atlético Mineiro empatar ou perder do Figueirense, no domingo, a equipe do técnico Tite fatura a taça a cinco rodadas do fim.

Estadão Conteúdo

07 de novembro de 2015 | 08h33

Não bastasse o mau momento e ter que enfrentar a equipe de melhor campanha, o Coritiba também será comandado por um interino, já que o técnico Ney Franco foi demitido após empate com o Figueirense por 1 a 1, em casa, na última rodada.

Quem ficará no banco de reservas e terá a missão de livrar a equipe da degola nas últimas rodadas é Pachequinho. Sem muito tempo para treinar o elenco, ele manterá a base de seu antecessor. A boa notícia para ele é que Juan se recuperou durante a semana das dores musculares e deve atuar no meio de campo ao lado de Ruy. "Temos que pensar como sendo um jogo único. Se formos pensar diferente, já vamos derrotados. Agora é acreditar!", destacou jogador.

No ataque, Henrique Almeida volta de suspensão e fará companhia a Kleber. Em compensação, o treinador não poderá contar com o zagueiro Walisson Maia, suspenso pelo terceiro cartão amarelo. A dupla de zaga será formada por Rafael Marques e Juninho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.