Coritiba faz acordo para sediar jogos na Vila Capanema

Em uma reunião nesta quinta-feira, o Coritiba definiu um acordo com o rival Paraná para sediar seus jogos no Campeonato Paranaense. O Estádio Couto Pereira, do Coritiba, está interditado pela CBF por causa da confusão ocorrida no último jogo do Brasileirão do ano passado.

AE, Agencia Estado

07 de janeiro de 2010 | 20h29

O tumulto, marcado pela invasão em massa da torcida local, resultou na perda de 30 mandos de campo pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). A punição, porém, só deverá ser cumprida no Campeonato Brasileiro da Série B.

De acordo com a diretoria do clube, a Federação Paranaense de Futebol comunicou que o time poderá atuar em seu estádio durante o campeonato estadual, apesar da punição do STJD, válida apenas para competições organizadas pela CBF.

De qualquer jeito, o Coritiba precisará esperar uma nova vistoria da CBF, que está em recesso, para poder utilizar novamente o Couto Pereira. Caso o estádio não seja liberado a tempo da estreia no Campeonato Paranaense, o time alviverde jogará na Vila Capanema no dia 16, contra o Serrano.

Mas a mesma solução não poderá ser usada durante a disputa da Série B. Se a punição do STJD for mantida, o Coritiba terá que sediar os seus jogos a uma distância de 100 quilômetros da cidade de Curitiba.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibaParanáestádio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.