Coritiba faz treinamento secreto à espera do São Paulo

O técnico Marcelo Oliveira resolveu fazer mistério para a partida do Coritiba contra o São Paulo, nesta quarta-feira, às 21h50, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, pela rodada de volta das semifinais da Copa do Brasil. O time realizou nesta terça um treino secreto, fechado para a imprensa, sob forte chuva.

JÚLIO CÉSAR LIMA, Agência Estado

20 de junho de 2012 | 08h03

O treinador chegou a colocar em campo até quatro formações e o zagueiro Pereira, muito elogiado após a vitória sobre o Atlético Goianiense no final de semana, e o meia-atacante Rafinha, destaque da equipe e que ficou fora da primeira partida contra os paulistas, podem ser as novidades. No ano passado, o Coritiba decidiu a final da Copa do Brasil, mas perdeu o título em casa para o Vasco.

Sobre as possíveis mudanças em relação ao primeiro jogo, Marcelo Oliveira desconversou e preferiu valorizar o elenco. "Tenho confiança nos jogadores que aqui estão e estou certo de que eles têm o pensamento voltado apenas para o jogo e para conseguir o resultado que nos garante a vaga na final", disse.

Precisando da vitória para passar à fase final - 1 a 0 leva a partida para os pênaltis e a partir de 2 a 0 ganha a vaga, desde que não sofra gols - o Coritiba conta com o apoio de sua torcida para passar pelo clube tricolor paulista. A expectativa da diretoria é a de que o estádio, com capacidade para 40 mil pessoas, receba um público de 37 mil pessoas - sendo 3,5 mil ingressos colocados à venda para os torcedores do São Paulo.

Essa possibilidade de casa cheia deu otimismo ao técnico. "Temos feito grandes partidas dentro de casa e precisamos usar isso a nosso favor novamente. A torcida vai comparecer em peso, fará a sua festa na arquibancada e cabe a nós fazer o nosso papel dentro de campo", concluiu Marcelo Oliveira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do BrasilCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.