Coritiba pega Grêmio para ficar longe da zona da degola

O Coritiba, que está com 34 pontos, pretende fazer um bom jogo contra o Grêmio, neste domingo, às 16 horas, no estádio Olímpico, em Porto Alegre, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro, e somar três pontos na tabela para não reduzir a vantagem que tem em relação a Santo André e Náutico, que estão na zona de rebaixamento.

EVANDRO FADEL, Agencia Estado

18 de outubro de 2009 | 08h23

"A cada rodada vai diminuindo o número de jogos e, na situação em que o Coritiba se encontra, você quer se afastar o mais rapidamente possível dessa zona de rebaixamento", disse o técnico Ney Franco. "A equipe tem potencial enorme para chegar no Olímpico, fazer bom jogo e, de repente, conseguir até uma vitória".

Preocupado também com o clássico contra o Atlético Paranaense, na próxima rodada, o técnico fez várias alterações nos treinamentos durante a semana. "A tendência ou a possibilidade de perder jogadores para o próximo jogo é grande", ponderou Ney Franco.

Afinal, nove jogadores estão com dois cartões amarelos. "Quando solta a bola a gente acaba esquecendo do cartão que tem e que não pode tomar. Tenho certeza de que deste lado ninguém vai tirar o pé", disse o zagueiro Jéci, que está retornando após cumprir suspensão pelos três cartões amarelos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato BrasileiroCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.