Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Coritiba perde 6 pontos e cai para lanterna

Por 4 votos a 1, os auditoresda 1ª Comissão Disciplinar do Superior Tribunal de JustiçaDesportiva (STJD) puniram o Coritiba nesta segunda-feira à noite com a perda de seis pontos por ter escalado irregularmente ojogador Ataliba na vitória por 1 a 0 sobre o Guarani, na rodadade abertura do Campeonato Brasileiro. Ataliba foi escalado semter a inscrição referendada no Boletim Informativo Diário (BID),divulgado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Além daperda de pontos, o clube paranaense terá ainda de pagar umamulta de R$ 5 mil.Com a decisão, o Coritiba cai da nona para a última posição nocampeonato. Agora, o time paranaense não tem nenhum ponto ganhoe fica atrás do Botafogo que, com apenas um ponto - e saldonegativo de seis gols - ocupava a lanterna do Brasileiro.Apesar de a defesa do clube alegar que houve um erro da CBF aonão inscrever o jogador no boletim até a data prevista para queele pudesse estrear, os auditores da 1ª Comissão concluíram quehouve responsabilidade do clube e se decidiram pela punição.Muito chateado com a decisão, o presidente do Coritiba, GiovaniGianedis, adiantou que vai recorrer ao Tribunal Pleno do STJD.Disse ainda, que espera o mesmo rigor dos juizes no caso doAtlético-PR, cujo goleiro - Diego - também teria jogado sem tero nome relacionado no BID. O dirigente garantiu, no entanto, quese o Coritiba perder também em segunda instância, não vairecorrer à Justiça Comum. "Somos desportistas e vamos lutarapenas dentro dos limites esportivos", disse Gianedis.O técnico do Coritiba, Antonio Lopes - que assistiu aojulgamento de cabeça baixa, numa indicação de que estavapessimista - lamentou a decisão. "É claro que estoudecepcionado. Conquistamos seis pontos em campo. Trata-se de umacompetição muito difícil, extremamente equilibrada", comentou.Ataliba - que também esteve no Rio acompanhando o julgamento -lembrou que o único voto favorável ao Coritiba, do presidente da1ª comissão, Vanderlei Rebelo, pode ser um indicativo de que oplenário do STJD possa reverter a situação. "Foi um erro doclube, mas também da CBF. Fico triste, mas temos todas ascondições, de dentro de campo, dar a volta por cima", disse.CRUZEIRO - O Cruzeiro foi absolvido por unanimidade pelosauditores do STJD em outro julgamento realizado ontem à noite. Oclube mineiro escapou de perder o mando de campo em partidas doCampeonato Brasileiro, por causa da invasão de um torcedor aogramado do Estádio Independência, no dia 21 de abril, porocasião do jogo contra o Juventude. Os auditores entenderam queo Cruzeiro não teve culpa pela invasão.PONTE PRETA - Também por unanimidade, a Ponte Preta foiabsolvida. O clube de Campinas estava sendo julgado porincidentes ocorridos antes da partida contra o Corinthians, dia21 de abril, no Estádio Moisés Lucarelli. A Ponte também corriao risco de perder mandos de campo, por causa de tumulto fora doestádio, em que o carro que conduzia o trio de arbitragem foiatingido por torcedores, com pontapés.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.