Coritiba prega cautela para manter bom momento contra o Botafogo

'Vamos com calma, com os pés no chão, sem euforia', afirma o meia Tiago Real

Estadao Conteudo

11 de junho de 2017 | 07h14

Com 12 pontos somados em cinco partidas, o Coritiba é um dos principais destaques do início do Campeonato Brasileiro e tenta manter o seu bom embalo neste domingo, contra o Botafogo, às 11 horas, no Engenhão, no Rio, pela sexta rodada da competição.

Mas, para isto, o time paranaense precisa se manter focado e cauteloso, conforme garantiu o meia Tiago Real. Para ele, o Coritiba só conseguirá segurar a boa campanha se brecar a euforia e permanecer concentrado em cada duelo.

"Vamos com calma, com os pés no chão, sem euforia. A gente está com um grupo que, de repente, não tinha tanta visibilidade, mas deu liga. A coisa tem acontecido. Vamos manter isso para a sequência, são mais 33 rodadas, é chão pra caramba, a coisa muda muito no futebol. De repente, toma duas, três pancadas e aí já não é mais o Coritiba", alertou o meia.

O técnico Pachequinho, porém, terá neste domingo o importante desfalque do meio-campista Matheus Galdezani, suspenso pelo terceiro cartão amarelo - Jonas deve ser o substituto. E o próprio Tiago Real, com um desgaste muscular, corre o risco de não atuar. Se realmente for vetado, Tomas Bastos ganhará uma nova chance.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCoritibaBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.