Divulgação/Coritiba
Divulgação/Coritiba

Coritiba quer boa estreia para cicatrizar ferida deixada pelo Estadual

Time de Eduardo Barroca mira boa partida contra o Inter, no Couto Pereira, para superar virada sofrida para o Athletico-PR

Redação, Estadão Conteúdo

08 de agosto de 2020 | 14h19

O amargo vice-campeonato paranaense, sofrendo a virada no jogo de volta contra o Athletico-PR, por 2 a 1, com dois gols nos acréscimos, machucou. Neste sábado, o Coritiba quer mostrar que a ferida foi cicatrizada e estrear com o pé direito no Brasileirão diante do Internacional, às 19h30, no estádio Couto Pereira.

É justamente nessa tecla que o técnico Eduardo Barroca bateu logo após a derrota para o rival por na última quarta-feira. O trabalho foi muito mais psicológico do que em campo devido a falta de tempo entre um jogo e outro. "Precisamos o mais rápido possível virar a chave e aproveitar as coisas de bom que fizemos nesse campeonato. Foi uma campanha muito boa. Vamos ter o Brasileiro, contra adversários muito fortes, e precisaremos jogar bem, ser competitivo" avisou Barroca.

Satisfeito com o futebol apresentado pelo time nos dois jogos da final, o treinador vai manter a base. Mesmo perdendo os dois jogos para o Athletico, por 1 a 0 e 2 a 1, ele enxerga evolução no time.

A única mudança será forçada, pois o meia Rafinha fraturou o tornozelo esquerdo e só deve voltar em 2021. Neste primeiro momento, o substituto do camisa 7 deve ter Thiago Lopes. Isso porque Neilton, principal contratação do Coritiba para esta competição, ainda não está na sua melhor condição física.

Para Entender

Brasileirão 2020: onde assistir, premiação, times, calendário e muito mais

Campeonato será finalizado apenas em fevereiro de 2021, em razão do atraso no início da competição, por causa do novo coronavírus

Considerado titular absoluto no time de Eduardo Barroca, o volante Matheus Sales está em fase de transição e segue de fora. Assim, Nathan Silva continua como titular.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.