Coritiba supera o Náutico e fica mais longe da degola

Em jogo cheio de gols, a equipe paranaense venceu por 4 a 3

ANGELA LACERDA, Agência Estado

25 de julho de 2012 | 23h11

RECIFE - O Coritiba venceu o Náutico por 4 a 3, nesta quarta-feira, no estádio dos Aflitos, no Recife, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro, conseguindo três pontos importantes para afastá-lo da zona de rebaixamento. Com a vitória, o time paranaense soma agora 12 pontos, em 14.º lugar. Já os pernambucanos perderam a segunda seguida e, com 13 pontos, estão no meio da tabela de classificação, ainda pouco ameaçados pela degola.

O primeiro tempo teve momentos empolgantes, com muita movimentação. Aos 13 minutos, Souza recebeu cruzamento de Lúcio pela esquerda e finalizou de primeira, abrindo o placar. O Náutico ainda comemorava quando, em um contra-ataque, Éverton Costa, livre, fez passe certeiro para Robinho, que recebeu na área e chutou cruzado para empatar dois minutos depois.

O Náutico reagiu de imediato e, três minutos depois, uma jogada iniciada com Lúcio, pela esquerda, resultou no segundo gol do time alvirrubro, com Kieza. O atacante recebeu passe de calcanhar de Rhayner e completou. Ele vestiu camisa de número 50, em alusão ao 50.º jogo pelo Náutico e a torcida vibrou.

As chances de gol se sucediam. Aos 25 minutos, Souza chutou na trave ao cobrar falta. Aos 36, foi a vez de Felipe fazer grande defesa impedindo o empate do Coritiba quando Júnior Urso, ao receber na pequena área, chutou para o gol.

Bastante movimentado até o fim do primeiro tempo, o jogo parecia mais favorável ao Náutico. No segundo, o panorama mudou. Além de ter visto o visitante empatar logo no primeiro minuto, com Leonardo, aos 10 o time pernambucano perdeu um jogador, Alessandro, expulso por ter defendido uma bola com a mão. O mesmo Leonardo cobrou o pênalti e marcou o terceiro.

O quarto gol do Coritiba veio aos 32 minutos e a torcida, frustrada, começou a deixar o estádio. O Náutico, no entanto, não se rendeu e, aos 40, Rico dominou na pequena área e reduziu a diferença.

NÁUTICO 3 x 4 CORITIBA

NÁUTICO - Felipe; Alessandro, Jean Rolt (Márcio Rosário), Ronaldo Alves e Lúcio; Elicarlos, Souza e Ramirez (Rico); Rhayner, Kieza e Araújo (João Paulo). Técnico: Alexandre Gallo.

CORITIBA - Vanderlei; Ayrton (Jonas), Demerson, Pereira e Lucas Mendes; Willian Farias, Junior Urso (Lincoln), Sérgio Manoel e Robinho; Leonardo (Roberto) e Everton Costa. Técnico: Marcelo Oliveira.

GOLS - Souza, aos 13, Robinho, aos 15, e Kieza, aos 18 minutos do primeiro tempo; Leonardo, a 1 e aos 10 (pênalti), Pereira aos 32, e Rico, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Junior Urso e Lucas Mendes (Coritiba).

CARTÃO VERMELHO - Alessandro (Náutico).

ÁRBITRO - Cláudio Francisco Lima e Silva (SE).

RENDA - R$ 205.525,00.

PÚBLICO - 12.663 pagantes.

LOCAL - Estádio dos Aflitos, no Recife (PE).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoNáuticoCoritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.