Coritiba tenta fugir das críticas

Depois da derrota para o Tubarão e a enxurrada de críticas contra o time, inclusive da diretoria, o Coritiba retorna a campo, nesta quinta-feira, às 20h30, no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, para uma partida considerada decisiva, contra o América (MG). "Agora nossa matemática é uma só: ganhar", afirmou o técnico Joel Santana. Com 17 pontos e faltando ainda cinco partidas para encerrar a participação na primeira fase da Copa do Brasil, o Coritiba tem o privilégio de jogar quatro vezes em Curitiba, junto de sua torcida. "Vamos fazer a nossa parte", prometeu o goleiro Wellerson, que tem se destacado em praticamente todos os jogos. "Se vencermos, nossa classificação vai se concretizar." Para o goleiro, alguns jogadores do América precisam de marcação especial, entre eles, Tucho, Max e Reinaldo. "Treinamos bastante estes últimos dias para não sermos surpreendidos", garantiu Wellerson. O zagueiro Paulo Roberto retorna ao time em lugar de Danilo, que foi expulso domingo. O técnico ainda aguardava o julgamento, que aconteceria nesta quarta-feira, do volante Reginaldo Nascimento, expulso na partida contra o Internacional.

Agencia Estado,

20 Março 2002 | 17h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.