Coritiba vence e volta à Libertadores

O Coritiba não decepcionou a sua torcida, que compareceu em massa ao estádio Couto Pereira neste sábado, e venceu o Criciúma por 2 a 0. A vitória valeu a vaga na Copa Libertadores do próximo ano, torneio que a equipe disputou pela única vez em 1986. Os gols foram marcados por Marcel, aos 36 minutos do primeiro tempo, e Lima, aos 14 da etapa final.Com mais de 30 mil pessoas apoiando, o Coritiba precisava da vitória para não depender de nenhum resultado. Mas isso gerou muita ansiedade nos jogadores, que erravam lances bobos.A primeira chance aconteceu somente aos 17 minutos, com um chute de Lima, que passou rente à trave. O jogo continuava truncado, até que aos 31, a zaga do Criciúma cortou um cruzamento de Jackson com a mão.Na primeira cobrança de Marcel, o goleiro Fabiano defendeu, mas o árbitro mandou repetir o lance. Aí, aos 36 minutos, o atacante do Coritiba chutou forte e abriu o placar.No segundo tempo, o técnico Bonamigo, que cumpriu suspensão e dirigiu o Coritiba da tribuna do estádio, armou melhor seu time. Jackson ficou liberado para a armação e os laterais puderam avançar mais.Assim, aos 14 minutos, Marcel recebeu na grande área e chutou forte. No rebote do goleiro Fabiano, o meia Lima apenas empurrou para o fundo das redes. O Coritiba ainda teve chances de ampliar a vantagem, mas a vaga já estava garantida.Bonamigo, que pode se transferir para o Atlético-MG, desabafou depois do jogo e disse estar realizado com a vitória. "O que vale é o resultado final, fomos muito criticados nesta reta final, mas o grupo suportou bem a pressão e estamos muito felizes pela conquista da vaga", afirmou o técnico do Coritiba.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.