Coritiba vence, mas Flu é o líder: 4 a 2

O Fluminense perdeu hoje a invencibilidade no Campeonato Brasileiro, mas ainda se manteve na liderança, por ter melhor saldo de gols do que o Botafogo (4 contra 2). O Tricolor foi derrotado pelo Coritiba, por 4 a 2, em Volta Redonda, mas se beneficiou da goleada do Goiás sobre o Alvinegro, por 4 a 0. As duas equipes cariocas somam 12 pontos e neste domingo, no complemento da quinta rodada, podem ter a companhia do Santos, que tem 9 pontos e enfrenta o Atlético-MG, na Vila Belmiro. ?Não se pode tirar os méritos do Coritiba, que marcou bem. É a hora de levantar a cabeça e se concentrar agora na Copa do Brasil?, declarou Arouca, referindo-se ao primeiro jogo das semifinais da competição, quarta-feira, contra o Ceará, em São Januário. O Coritiba surpreendeu o Fluminense logo no início do jogo. O atacante Tiago driblou Fabiano Eller e, da entrada da área, chutou forte no canto direito do goleiro Kléber: 1 a 0, aos 9 minutos. A equipe carioca tentava reagir, mas esbarrava na forte marcação adversária. Faltava também criatividade ao meio-de-campo tricolor. Em um rápido contra-ataque, jogada mais explorada pelo Coritiba, Flávio deu ótimo passe para Ricardinho, que, sozinho, driblou Kléber e fez 2 a 0. Melhor em campo, o time do técnico Cuca não demorou muito para consolidar o resultado no segundo tempo. Logo aos 2 minutos, Marcão derrubou Alexandre dentro da área e o juiz Cleber Abade marcou pênalti. O lateral-direito Rafinha cobrou com precisão: 3 a 0. O Fluminense ainda diminuiu a diferença com Marcão, de cabeça, mas sofreu o quarto gol em mais um contra-ataque. Tiago recebeu lançamento, finalizou, Kléber defendeu e, no rebote, Alexandre só teve o trabalho de completar. Na base da insistência, a equipe tricolor ainda fez seu segundo gol. Miranda cortou um cruzamento com a mão e o árbitro assinalou pênalti. Gabriel cobrou bem: 4 a 2, aos 34 minutos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.