Corpo de Foe chega a Camarões

Milhares de torcedores estiveram neste sábado no aeroporto de Iaundé, a capital de Camarões, para acompanhar a chegada do corpo do ex-jogador Marc Vivien Foe ao país. O jogador morreu no último dia 26 de maio em Lyon, na França, após sofrer um colapso durante a partida entre a seleção de Camarões e a Colômbia, pelas semifinais da Copa das Confederações. "Marc, então é verdade que você morreu??, perguntou, ainda chocado, Martin Amougou Foe, pai do ex-jogador, ao receber o corpo. ?Esta é a vontade de Deus. Ele me deu dois filhos e agora me tirou um?, concluiu o homem, chorando.Depois de um breve ofício religioso no aeroporto, o corpo foi levado em cortejo pelas ruas da cidade. Torcedores portavam cartazes com inscrições como "Marc, vá em paz", ou então, "Marc, um leão nunca morre, está descansando", numa referência ao apelido dos jogadores da seleção, chamados de Leões Indomáveis? pela torcida.Grupos de torcedores vestiam negro em sinal de luto. Outros, usavama camisa de número 17 de seleção - mesmo número usado por Foe no jogo contra a Colômbia. Foe será enterrado nesta segunda-feira com honras militares.Marc Vivien Foe tinha 28 anos e jogou pela seleção de Camarões 65 vezes. Disputou dois mundiais - 94 e 2002 - e ganhou duas vezes a Copa das Nações Africanas.Ele jogou pelas equipes francesas do Lens e Olympique de Lyon, além dos ingleses West Ham United eManchester City. As causas da morte ainda não estão totalmente esclarecidas. O resultado da autópsia que está sendo realizada em Genebra deverá ser conhecido apenas na semana que vem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.